Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

Fonte: http://rainha-da-borborema.blogspot.com/

Dom Severino
Partiu do padre Severino Mariano de Aguiar a iniciativa de se construir um monumento ao lado da Catedral de Campina Grande, em homenagem ao primeiro centenário do dogma da Imaculada Conceição. Contou o vigário com a cooperação financeira do povo campinense e da Prefeitura, que através da Lei Municipal n° 428, despendeu duzentos mil cruzeiros para os trabalhos de edificação do obelisco e de uma praça. Entre as muitas doações anônimas, registra-se a de uma pobre indigente que ofertou dois cruzeiros “para a Mãe Santíssima premiá-la, amorosamente, no Céu com o seu esplendor eterno” (Uchôa: 1963).

Na tarde do dia 08 de dezembro de 1953, o Revmo. Bispo Diocesano Dom Anselmo Pietrula assentou a pedra fundamental daquela obra. O ato solene foi precedido de uma procissão de fiéis e culminou com a benção do Santíssimo na porta principal da matriz.

A construção ficou a cargo do engenheiro civil Pedro Collier, cujos trabalhos tiveram início no dia 08 de setembro do ano subseqüente. Trata-se de uma coluna em forma de pirâmide cortada no vértice, com doze metros de altura onde seria colocada uma imagem da Santíssima Mãe Padroeira do Município e da Diocese.

Confeccionada em concreto e revestido de mármore em pó, a imagem foi modelada na Escola de Belas-Artes de Pernambuco, sendo obra do escultor Antonio Bibiano Silva.

Na data de sua inauguração – 08 de dezembro de 1954 -, pelas 07:00 horas da manhã, Dom Anselmo revestido das vestes pontifícias saiu da Matriz em cortejo juntamente com o Clero da Diocese, procedendo a benção apostólica da imagem e do seu monumento.


Fonte: Wikipedia
Em seguida, foi celebrada uma missa em um altar erigido em praça pública em que o padre jesuíta Arnaldo Cabral, proferiu eloqüente sermão. A animação ficou por conta da Escola Cantoro do Convento Franciscano de Lagoa Seca. Ao final da missa, os religiosos retornaram à Catedral obedecendo ao mesmo cerimonial de entrada.

À tarde o Exmo. Bispo explicou aos fiéis as indulgências que foram concedidas e consagrou a Diocese à Imaculada Conceição.

Monsenhor Severino Mariano administrou a paróquia de 1941 à 1958, quando foi eleito Bispo de Pesqueira/PE.


Por Rau Ferreira

Referência:
- UCHÔA, Boulanger de Albuquerque. História Eclesiástica de Campina Grande. Departamento de Imprensa Nacional: 1964.

CURIOSIDADE:

Observem bem na foto inicial, a posição onde está a estátua. Aparentemente, a Santa se encontra erguida aproximadamente na mesma linha da primeira porta do templo.

Entretanto, este mesmo monumento, hoje, está edificado ao final do pátio utilizado como estacionamento da Catedral, bem distante da posição ora, curiosamente, vista na foto acima.

Aspecto Atual do Pátio da Catedral

4 comentários

  1. Anônimo on 5 de maio de 2012 19:43

    Blog é 10

     
  2. Mário Vinícius on 6 de maio de 2012 01:21

    No final dos anos 70, houve a construção de uma nova coluna e a colocação da imagem em seu topo. Observe-se que, ao contrário da posição original, a imagem encontra-se ligeiramente voltada para o templo. À época, explicou-se que este remanejamento foi feito com o intuito de aproveitar o espaço existente e que por mais de 30 anos permanecera sem qualquer utilidade após a demolição do Paço Municipal, em 1942.

     
  3. Ludy on 7 de maio de 2012 12:50

    Diga-se de passagem que ficou mais harmonioso, dando um maior sentido de religiosidade!

     
  4. Anônimo on 28 de novembro de 2012 06:06

    O padre Mariano não foi Pároco até 1958. Foi transferido muito antes. Êle era meu padrinho de batismo e na década dos 50 eu não lhe vi nem uma vêz. Me lembro que em 1957 havia outro pároco que não lembro agora o seu nome.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br