Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?


A empresa S. Freire & Cia, que fabricava em 1937 a aguardente Canna Vita, desenvolvia o 'marketing' do seu produto através de um concurso de Quadras na cidade de Campina Grande, publicadas no Jornal "Voz da Borborema".

O anúncio abaixo, extraído do mesmo periódico, apresentava o Concurso, ditava as regras e estipulava a premição que oferecia aos três primeiros colocados: 50$000 (Cinquenta Mil Réis), 12 garrafas da Canna Vita e 3 garrafas do mesmo produto, respectivamente.

Já 'de cara', apresentavam-se como concorrentes no anúncio original alguns 'socialites' locais, à exemplo do então prefeito Vergniaud Wanderley, o advogado Acacio Figueiredo, os médicos Severino Cruz e Francisco Pinto, o politico Belinho Figueiredo e o empreendedor João Rique.

Mais uma garimpagem cedida pelo Historiador Bruno Gaudêncio. 

Recorte Jornal "Voz da Borborema" (1937)


1 Comment

  1. Anônimo on 21 de outubro de 2012 11:26

    É inacreditável! Os rapazes dessa época seriam os grandes vultos da sociedade campinense dos anos 50/60 Lembro-me que êsses concursos existiram até muito tempo depois no Nordeste. Estando em Natal no ano 1954 ganhei um prêmio de quadras, na radio Potí, patrocinado pelo Guaraná Dore, com a quadra:
    Onde quer que eu estêja
    Acho sempre quem me adore,
    Porque tomo todo dia
    O gôstoso Guaraná Dore!
    Recordar é viver! kkkkk

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br