Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

No dia 04 de fevereiro de 2011, Campina Grande perdia o maior de seus narradores de futebol, o "baiano-campinense", Joselito Pereira de Lucena. Hoje, 04/02/2013, o blog RHCG presta uma singela homenagem e relembra através de fotos cedidas pelo professor Mario Carneiro Medeiros, o "bom baiano" que encantou com sua bela voz, várias gerações de campinenses que sempre acompanharam o futebol através de Joselito.

No dia da inauguração do Amigão, na ainda cabine de madeira.
Joselito ao centro, junto a Chico de Assis (Olé), esquerda e Alberto de Queiroz, direita.
Torneio Suburbano no Estádio Municipal.
Pela Ordem: Chico Alemão, Levy Soares, Joselito Lucena, Chico de Assis e o último, não conseguimos identificar

Joselito Lucena, mais um "retalho" da história de Campina Grande...

5 comentários

  1. Walmir Chaves on 4 de fevereiro de 2013 11:29

    Na minha longa vida, somente duas pessoas me despertaram os raros sentimentos de incompreenção, desengano, traição e rancor durante anos. Uma delas foi este rapaz.
    E havia na Radio Borborema uma meia dúzia de companheros que sentiam o mesmo que eu!

    Porém era muito bom trasmitindo os partidos de futebol...

     
  2. Genaldo Souto on 4 de fevereiro de 2013 11:40

    E bom ver aqui nesta foto o OLé que promoveu o torneio Dente de leite , de Futsal no ano de 1979, os jogos eram realizados na quadra do AABB , de Campina Grande aos sabados a tarde, os resultados dos jogos eram, comentados na segundas - feiras na radio caturité! quanta saudade! de nosso time o Duque de caxias!

     
  3. Anônimo on 8 de fevereiro de 2013 13:26

    Este foi, sem sombra de dúvidas, o narrador esportivo mais parcial do mundo, chegando à façanha de ganhar dos narradores super-hiper-bairristas de pernambuco. Adivinhem para que ele torcia. Basta escutar as suas narrações e você descobre imediatamente. Para o time querido, um grito de gol de minutos,com força total; para os outros simplesmente gol. KKKK

     
  4. gilson souto maior souto maior on 15 de agosto de 2017 16:21

    Não concordo com essa de que Joselito era parcial. Ele tinha o seu time preferido, como todos têm. A cidade inteira sabia que ele gostava do Campinense, porém, como amigo dele, que com ele vivia o dia a dia da profissão, sentia nele, por suas palavras fora dos microfones e na redação, um amor muito maior pelo futebol de Campina Grande. Nisso, eu concordo! Foi um grande narrador, o melhor que eu já conheci, sem que isso, represente um demérito para os demais, inclusive eu. ERA UM AMIGO E UM IRMÃO QUERIDO. ÉRAMOS GRANDES AMIGOS!

     
  5. gilson souto maior souto maior on 15 de agosto de 2017 16:23

    ão concordo com essa de que Joselito era parcial. Ele tinha o seu time preferido, como todos têm. A cidade inteira sabia que ele gostava do Campinense, porém, como amigo dele, que com ele vivia o dia a dia da profissão, sentia nele, por suas palavras fora dos microfones e na redação, um amor muito maior pelo futebol de Campina Grande. Nisso, eu concordo! Foi um grande narrador, o melhor que eu já conheci, sem que isso, represente um demérito para os demais, inclusive eu. ERA UM AMIGO E UM IRMÃO QUERIDO. ÉRAMOS GRANDES AMIGOS!

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br