Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?


Fonte: Gazeta do Sertão (Acervo)

39 comentários

  1. jose targino neto on 11 de fevereiro de 2011 18:43

    fui um espectador destes supostos ovnis em 82 então com 17 anos.Eu estava a caminho do trabalho e quando cheguei na altura do cemitério do monte santo notei alguma coisa estranha com o olhar das pessoas abismadas olhando para o céu ,foi quando olhei e vi um fenômeno fantástico,eram como bolhas de gás coloridas que se espandiam velozmente tomando grandes proporções nos dando a impressão que elas se dirigiam pra quem olhasse para ela,a mesma censação que temos quando vemos o estouro de fogos de atirficios em forma de circulo.Foi fantastico.

     
  2. JEOBLOG on 14 de abril de 2011 19:38

    Presenciei o mesmo fenômeno, só que a uns 500 Km de onde vc estava, eu morava em Icó Ce e jogava bola com alguns amigos em um campinho próximo de casa, a mão de um deles correu pra dentro de casa acendeu uma vela no oratório e disse: que tiver seus pecado confesse agora que jesus Cristo está voltando, o fenômeno se repetiu no outro dia, hoje moro em Caruaru Pe.

     
  3. JEOBLOG on 14 de abril de 2011 22:40

    Postei um tópico sobre esse assunto na comunidade "UFOLOGIA" no orkut aqui: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=29240&tid=5595477019509629747&na=4

     
  4. Zé Roberto on 1 de maio de 2011 22:14

    Os ceus de Campina,estão cheiro de discos voadores.De 1997 até a data de hoje,já vi dezenas de discos voadores. Tenho certeza que muita gente,está tendo contato em Campina.

     
  5. Silvia Eloy on 29 de junho de 2011 19:46

    Quando criança (1993) quando morava em Campina Grande, presenciei com minha irmã e uma amiga um ovni ao lado da minha casa. Moravamos no Presidente Médici na época. Disse ao lado da minha casa, mas estava passando por cima da casa vizinha. O curioso é que ele estava muito baixo, um pouco acima do poste e voava devagar. tinha o tamanho de um carro e muitas luzes em seus contornos arredondados. Quando chegou a se igualar ao meio da rua ele parou! Parou mas não pousou e ainda por cima apagou suas luzes. Ficamos paralisadas olhando, nem tivemos reação. Como estavámos no jardim da minha casa por volta de 18 horas, e não vimos se havia alguém na rua. Depois de um tempo lá parado ele se moveu ainda com as luzes apagadas e foi voando devagar para o leste. Passou pelas folhas da árvore da casa da frente a nossa, e saimos correndo pra dentro de casa, apavoradas. Sabemos o que vimos e o fato de ter aparecido do nada, no momento de nossa brincadeira, nos chocou na época. Lemrbo de todos os detalhes e sei que alquele momento foi inesquecível.

     
  6. Anônimo on 12 de fevereiro de 2013 20:07

    Omi esperimentem ficar olhando para o céu do distrito de Campina Grande e verá !

     
  7. Walmir Chaves on 13 de fevereiro de 2013 14:16

    Nos anos 70s eu tive minhas primeiras experiencias com os OVNIS. Conheci, então, a muitos contactados e durante muitos anos participei de um grupo de Ufologos na Europa, divulgando esta realidade nas Rádios, Jornais e Televisões em vários paises do mundo. Nessa época tínhamos informação de quase tôdas as aparições do mundo e acesso às mensagens dos contactados telepáticamente e físicamente.Todos tivemos nossas diferentes experiencias com os irmãos do COSMOS!
    Faz mais de 10 anos que decidi afastarme da divulgação. Foi algo muito importante na minha vida, mas faz parte do meu passado...

     
  8. Anônimo on 13 de fevereiro de 2013 14:25

    Eu me lembro que nesta época apareceu muitas luzes estranhas no céu. Depois a informação é que vinham da barreira do inferno em Natal.

     
  9. Anônimo on 13 de fevereiro de 2013 17:16

    Os OVNIs (Objetos Voadores não Identificados) ou UFOs (Unidentified Flying Objects) são tão reais e se constituem um tema de tão grande profundidade que muito pouco vale a pena falar sobre eles num espaço fìsicamente resumido. Eu já fiz parte de um grupo de pesquisa que se denomanava na época de SBEDV (Sociedade Brasileira de Estudos sobre Discos Voadores)sobre a coordenação do Prof. Álvaro Pereira autor do besteseller O LIVRO VERMELHO DOS DISCOS VOADORES. Nos Estados Unidos o assunto continua sendo profundamente estudado e onde dois grandes pesquisadores Desmond Lerslie e George Adamski escreveram conjuntamente o livro FLYING SAUCERS HAVE LANDED.
    Eu próprio nunca avistei OVNIs materializados porém já os avistei sempre a noite, na zona rural,como globos luminosos que individualmente mudavam de intensidade, pairavam a grandes altitudes e depois partiam em altíssimas velocidades e faziam manobras inteligentes inclusive mudando de direção para ambos os lados sem alteração da velocidade, em perfeitos ângulos de 45º e 90º. Era incrível.
    Para a revista bimestral da SBEDV, eu tive a oportunidade de entrevistar dezenas de testemunhas. Para ter a certeza se elas falavam a verdade, eu fazia uma avaliação das respostas com o grau de instrução de cada pessoa entrevistada nos mais diversificados casos, de maneira que as respostas só poderiam ser dadas de forma justificável se de fato o entrevistado tivesse passado pela experiência.
    Sabemos que existem exagêros. Todavia, os UFOs são tão reais o quanto é real a vida sobre a terra. Afinal de contas, nos afirmam os físicos e os astrônomos que, só na nossa galáxia, a Via Lactea, existem aproximadamente cem milhões de mundos habitados, com vida inteligente.
    Se pensarmos na grandeza inimaginavel do cosmos que excede a imaginação humana, é muita ignorância ou egoismo pensarmos que tudo isso foi criado para nós, pobres seres humanos que nem se quer compreendemos tudo o que existe no nosso pequenino planeta terra.












     
  10. Edmilson Rodrigues do Ó on 13 de fevereiro de 2013 17:19

    O comentário acima, não está sob a proteção do anonimato, foi escrito por EDMILSON RODRIGUES DO Ó, porém, lamentavelmente, cliquei errado.

     
  11. Walmir Chaves on 13 de fevereiro de 2013 18:39

    Caro Edmilson, não me surpreende o que relatas. Por intuição e por seus comentários já havia captado que caminhamos por veredas similares nesta vida! É um prazer ter uma confirmação. Meu grande amigo, Eugenio Siracusa, era na Europa o equivalente a George Adamski nos Estados Unidos.Éra considerado um dos mais sérios contactados dos últimos tempos. (Fomos grande amigos durante 20 anos!) Foi contactado no ano 1952 e faleceu no ano 2007.

     
  12. Edmilson Rodrigues do Ó on 13 de fevereiro de 2013 18:57

    Caro Walmir;

    Suas poucas palavras me revelaram tudo. Caminhamos lado a lado pelos labirintos do universo.
    Ai vai o meu E-mail:

    ero.pr7cpk@ig.com.br

     
  13. Paulo Gomes on 13 de fevereiro de 2013 20:25

    Morei em Campina Grande desde que nasci em 1956, até 1983, quando por motivo de trabalho tive que me mudar para o estado da Bahia. Durante muito tempo pesquisei o fenômeno chamado OVNI ou UFO, e apesar de acreditar em alguns relatos clássicos, eu, pessoalmente, jamais tive a oportunidade de presenciar qualquer fenômeno desta natureza, o que me deixa muito frustrado. Entretanto,não sou daqueles que por não ver o ar, não acreditam na sua existência. Acompanhei durante alguns anos os relatórios dos projetos Magesty, Aquarius, Plato, Redlight e Empire,e acredito que existem muito mais evidências a serem divulgadas pelas autoridades. Bela postagem, parabéns.

     
  14. Paulo Gomes on 13 de fevereiro de 2013 20:26

    Morei em Campina Grande desde que nasci em 1956, até 1983, quando por motivo de trabalho tive que me mudar para o estado da Bahia. Durante muito tempo pesquisei o fenômeno chamado OVNI ou UFO, e apesar de acreditar em alguns relatos clássicos, eu, pessoalmente, jamais tive a oportunidade de presenciar qualquer fenômeno desta natureza, o que me deixa muito frustrado. Entretanto,não sou daqueles que por não ver o ar, não acreditam na sua existência. Acompanhei durante alguns anos os relatórios dos projetos Magesty, Aquarius, Plato, Redlight e Empire,e acredito que existem muito mais evidências a serem divulgadas pelas autoridades. Bela postagem, parabéns.

     
  15. rômulo azevêdo on 13 de fevereiro de 2013 22:01

    No blog tem um documentário meu(feito para a tv, em 1994)sobre os discos voadores na Paraíba.

     
  16. Walmir Chaves on 14 de fevereiro de 2013 08:38

    Caro Paulo Gomes,

    O objetivo das visitas de Seres do Espaço Exterior, (nas diferentes época) e dos contactados e ufulógos sérios é a evolução do Ser Humano! Portanto, vêr uma, mil ou nenhuma nave espacial é algo insignificante! Atitude, altruísmo e boa conduta como ser humano é a melhor aportação individual para a evolução da nossa raça... Um abraço companheiro.

     
  17. Anônimo on 14 de fevereiro de 2013 08:47

    Que viagem...

     
  18. Anônimo on 14 de fevereiro de 2013 11:43

    Eu não me lembrava a data, só sei que era muito pequeno, e vi uma enorme bola laranja acima de minha casa, ou assim parecia. Eu morava no bairro da Prata nessa época, e pelo tempo que faz, creio que foi esse mesmo evento.

     
  19. André Azevedo on 14 de fevereiro de 2013 12:10

    Já tive algumas experiencias de observar objetos não identificados.

    Uma das vezes, estava na frente de casa na Nilo Peçanha na Prata juntos com outras pessoas da família e um objeto circular prateado (mas nao parecia luz artificial, parece luz propria) passou por cima da gente...circulou rapidamente o Edificio Jasmina (que fica na Rio Branco, quase esquina com a Nilo Peçanha) que estava em construção na época e desapareceu...lembro que ficamos gritando chamando meu tio e meu avô que conversavam dentro de casa mas não deu tempo.

    Em outra oportunidade, na mesma casa a gente costumava levar colchoes para a laje de um banheiro que ficava no quintal, a gente ia com esse objetivo, de procurar "discos voadores"....certa vez cimos um objeto retangular e que tinha um circulo em cada ponta, mas estava apagado, so conseguimos ver como uma sombra no céu, passando bem devagar.

     
  20. Edmilson Rodrigues do Ó on 14 de fevereiro de 2013 21:37

    No comentário acima no qual eu abordei a SBEDV e o autor do Livro Vermelho dos Discos Voadores, Prof. ÁLVARO PEREIRA, por favor, leia-se, Prof. FLÁVIO PEREIRA. Desculpem o equívoco...!

     
  21. Paulo Gomes on 15 de fevereiro de 2013 10:08

    Caro Walmir,

    Concordo de forma absoluta com a sua posição. Acredito também que não há, por parte desta inteligências anônimas, uma interferência direta em nossos métodos de conduzir o planeta, unicamente para que preservemos o nosso livre arbítrio. Porém os alertas tem se tornado constantes nos últimos tempos. Quanto a ter uma experiência visual, de minha parte acredito que seria o equivalente a dizer de "uma imagem fala mais que mil palavras", e olhem que eu morei no Médici por um bom tempo..rsrsrsrs.

    Grande abraço.

     
  22. Figueiredo on 15 de fevereiro de 2013 10:53

    Conforme um comentário acima, que a incidência no aparecimento de ovnis na região do distrito industrial faz sentido.Eu tenho parentes que mora no Jardim Paulistano,já quase no distrito, e vi inúmeras vezes ovnis em especial entre as 18:00 e 20:00.Teve noite em que vi dois a tres ovnis.Lendo artigos na net sobre o tema,consegui entender que, essas ocorrências naquela região se deve ao fato da proximidade do aeroporto e que passa uma aerovia bem movimentada,que passam aviões vindos da Europa.Essa aerovia passa em linha imaginária que passa por cima do aeroporto passando em cima do açude velho como pontos de orientação no sentido sul - nordeste.Para quem quer ver basta olhar nesta aerovia,paralelamente e possivelmente verá.Não sei se alguém já presenciou,mas quando esses objetos são vistos, derrepentemente ele desaparece na escuridão como se notassem que estão sendo vistos.Muito legal o tema.

     
  23. Paulo Gomes on 15 de fevereiro de 2013 17:46

    Acho então que o problema é pessoal entre mim e esses OVNI's. Sempre que vou a Campina fico na casa de uma cunhada aí no Médici e até agora nada. Ou eles tem medo de mim ou não vão com a minha cara. Em Dezembro passado e Janeiro deste ano a única coisa que ví foi uma dessas famigeradas motos que se tornou uma epidemia em Campina, amassar a porta do meu carro que estava estacionado na porta da casa acima citada. Seria uma Moto-Ovni? Não sei, deixa quieto.

     
  24. Walmir Chaves on 15 de fevereiro de 2013 18:50

    Caro Paulo,

    Numa noite estrelada, senta-te comodamente num lugar mais escuro e olha prá o céu. Tenho a certeza que verás. Pode ser que a primeira vez vejas uma estrelinha que de repente começa a moverse numa direção e depois desaparece. Verás claramente que não é uma verdadeira estrela pois é un movimento anormal. A muitos passou assim a primeira vêz! Eu tive mais de mil experiencias con Ovnis e faz poucos dias vi o último às 7 da manhã.Eles aparecem, eu não procuro vê-los já faz tempo... Sempre vêjo os luminosos. Os metálicos são de civilizações menos evolucionadas. Quase como os humanos. Pouco interessantes. rsrs Olha o céu esta noite, se podes. Tenho a certeza que verás!!!

    Um abraço.

     
  25. Paulo Gomes on 16 de fevereiro de 2013 10:15

    Caro Walmir,

    Obrigado pela dica. Tentarei ser mais receptivo, e provavelmente, verei alguma coisa, porém ainda acho que nem tudo que reluz é ouro. Com todo o respeito, e também, baseado em muita pesquisa, leitura e estudo, observei que grande parte das aparições tidas como OVNI's podem ser explicadas e demonstradas como outros fenômenos. Neste ponto devemos ser bastante criteriosos para afirmar se um fenômeno visual, é ou não uma nave, sonda, enfim um OVNI. Ainda resguardando o maior respeito pelas opiniões acima, acredito, repito, acredito que se tivéssemos nestas plagas campinenses tamanha facilidade de visualização e/ou contato, seríamos mundialmente famosos por sermos a Roswell sul-americana e por consequência, assim reconhecida nos meios ufológicos, o que não corresponde à realidade. Mais uma vez, peço que me perdõem. Não tenham à conta de cético, que não o sou. Apenas um iniciante e sofrível conhecedor do assunto, que precisa de dados e fatos mais concretos para formar uma opinião. Acredito que seres de outras dimensões existem, e existindo, cedo ou tarde farão contato de forma categórica, porém acho que existe muita "fantasia" e falta de bom senso em alguns relatos. Mais uma vez, respeitosamente, peço que me perdõe, mas é a minha opinião pessoal, apesar de respeitar, e muito, a sua opinião pessoal.

    Abraços;

     
  26. Walmir Chaves on 16 de fevereiro de 2013 14:45

    Caro Paulo,

    É verdade que que existe muita fantasia, muita manipulação e muito mêdo entre os seres humanos com respeito a este tema. Porém também é verdade que existe uma realidade cheia de fatos e testimunhos verídicos que faz que mais da metade da humanidade, atualmente, não necessite mais provas para acreditar que não somos os únicos habitantes do Universo!
    Sabemos também que a crítica não é a melhor atitude para quem busca um contato!!!
    Conheci a muitos jornalistas que viajaram pelo mundo, buscando provas em muitos lugares e falando com os que presenciaram essas aparições sem jamais ver nada. E milhones de pessôas que foram surpeendidas por uma experiencia inesperada. Tudo isso tem uma explicação lógica e nada é casualidade. Eles não são exibicionistas nem se deixam surpreeder por ninguém. Estão num gráu de desenvolvimento geral que é dificil de entender por uma mente humana !
    Sabemos também que faz mais de 50 anos que houve contato direto com dirigentes das grandes potencias terrestres. Fato ocultado por estratégias politicas e religiosas!
    Eu também repeito muito a opinião dos demais e sei que somos livres de buscar nossas própias conclusões em todo o que nos apresenta a nossa vida...
    Espero que brevemente desapareçam a suas dúvidas através de um contato visual, mental o astral. Os tres são bastante convincentes e reais para quem vive a experiencia!
    Tudo é possível e bastante mais fácil quando se vive com a mente aberta e com simplicidade...

    Um abraço.

     
  27. Anônimo on 16 de fevereiro de 2013 17:31

    A quem interessar possa:

    http://alcyonpleiades-pt.blogspot.com

     
  28. Paulo Gomes on 16 de fevereiro de 2013 19:08

    Caro Walmir,

    Como sempre,muito sensatas as suas colocações. Reafirmo que acredito sem nenhuma sombra de dúvidas, que não estamos sós no universo, inclusive, acredito nisto até por força da minha religião (que é irrelevante mencionar neste caso). Mas, até mesmo por posição científico-doutrinária, acredito que os contatos (dos diversos graus), avistamentos, verdadeiros e cientificamente passíveis de comprovação, ainda são em número bastante reduzidos. Como um grande sábio já disse "É mais sensato rejeitar nove vezes uma verdade a aceitar uma única mentira como tal". Não tenho dúvidas, repito, de que estamos muito próximos de um contato, que de forma inexorável, colocará um fim a todas as nossas dúvidas. Acredito que isto se dará em um futuro próximo, e só espero ter a permissão do Grande Arquiteto para vivenciar este momento da nossa história. Desculpe-me a minha posição, aparentemente obtusa, neste e outros assuntos, mas asseguro que não se trata de qualquer tipo de sectarismo medieval. Já sofri diversas decepções em assuntos afins, e, pelo menos, aprendi a ser mais criterioso daqui doravante. Mais uma vez, peço que perdoem, meu aparente obscurantismo medieval.

    Grande abraço.

     
  29. Walmir Chaves on 17 de fevereiro de 2013 06:38

    Caro Paulo,

    Não há nada que perdoar ou desculpar, amigo. Eu não tento convence-lo de nada nem fazer proselitismo, pois, não sou membro de nenhuma religião nem de nenhum grupo sectário. Sou libre pensador, muito independente e só me rijo pela minha própia consciência, usando meu livre arbítrio e apoiado na minha própria experiencia.
    Alem disso, eu reconheço, perfeitamente, quando detrás de um muro de resistencias criado por decepções e frustações há um clamôr de justiça e de reconhecimento! (Sem isso nosso diálogo não houvera existido!) Tenho certeza, repito, que suas dúvidas se resolverão brevemente, e espero que não confunda "critério" con "desconfiança", seria um erro...
    Peço-lhe que me desculpe por meu português tão limitado, conseqüencia de 45 anos falando outras línguas.

    Um abraço!

     
  30. Anônimo on 6 de março de 2013 01:04

    Gostaria de informações sobre esse caso, onde posso conseguir?

     
  31. Adriano on 9 de abril de 2013 22:35

    O comentário de número 5, da Silvia Eloy, assemelha-se exatamente ao que vi na mesma época. No meu caso observei o objeto no bairro do Santo Antônio, entre 19 e 20 horas. Era grande, voava muito baixo, sem sons, bem lento e estava totalmente escuro. Só vi o formato do objeto porque a lua fez sombra nele.

     
  32. Rui Maia on 19 de maio de 2013 20:12

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  33. Rui Maia on 19 de maio de 2013 20:13

    Lembro-me muito desse fato. Eu morava em Brejo do Cruz - PB, tinha 14 anos. Tanto eu, quanto meus pais e irmãos, presenciamos o fenômeno. Achamos que seria o fim do mundo, rsrs... A verdade é que até hoje não acredito naquela versão dada pelo JN. Hoje moro em Mato Grosso, mas já morei em outros estados, e confesso que nunca mais presenciei nada semelhante. Para mim, aquilo não pode ter sido obra de humanos, e olha que não sou ufólogo, nem vidrado por esse tema.

     
  34. Unknown on 30 de abril de 2015 15:01

    Lembro desse fato. Foi ótimo encontrar aqui pessoas que também viram e lembram do fenômeno. Na época eu tinha 7 anos e morava em Fortaleza. Certa noite estava brincando próximo à minha casa com meu irmão de 8 anos e mais dois coleguinhas que eram vizinhos da gente. De repente meu irmão nos mostrou no céu algo que começou como se a lua se duplicasse (na verdade era como se outra saísse de trás dela), e logo em seguida várias figuras geométricas e coloridas se desenhavam no céu. Eu e meu irmão ficamos com tanto medo que pulamos sem dificuldade o muro do quintal de nossa casa, que tinha mais que o dobro da nossa altura. Realmente lembro que as rádios e as TVs noticiavam o fato como sendo testes realizados pela Base Aérea de Natal/RN. Na época eu acreditei, porém com o passas dos tempos passei a acreditar que aquilo pode ter sido mais um fato que a NASA omitiu.

     
  35. Joel Queiroz on 3 de outubro de 2015 00:00

    Presenciei o mesmo fenômeno. Eu estava em Sumé-PB. Muitas pessoas viram. Na noite seguinte o Jornal Nacional apareceu com uma estória de "foguete em Barreira do Inferno - RN", porém sabemos hoje que foguetes só podem ser vistos próximos ao local do lançamento. As luzes foram vistas em grande parte do Nordeste.

     
  36. . on 22 de junho de 2016 20:16

    Puxa... Depois de muitos anos essa postagem me trouxe à memória essa visão. Pela data do jornal foi exatamente isso que todos os moradores de Tangará viram no início da noite...eu devia ter uns 10 anos na época. Foi algo bonito mas amedrontador pois eu era criança. Soube que tinha sido algo lançado na barreira do inferno lá em Natal.

     
  37. Adriano santos on 20 de maio de 2017 01:01

    Eu morava em olivedos nessa época, e presenciei exatamente a mesma coisa que foi relatado acima. Gostaria muito de saber o que era aquele circulo que ia mudando de cor , subindo e descendo. Hoje moro em Manaus.

     
  38. Adriano santos on 20 de maio de 2017 01:05

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  39. Daniel Guerra on 18 de julho de 2017 10:46

    "Eu não me lembrava a data, só sei que era muito pequeno, e vi uma enorme bola laranja acima de minha casa, ou assim parecia. Eu morava no bairro da Prata nessa época, e pelo tempo que faz, creio que foi esse mesmo evento."

    Era criança na época, estava na casa da minha avó materna e também presenciei o fato acima descrito por outro leitor.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br