Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

Este prédio, sediou os primeiros cursos de Engenharia Civil e Elétrica.
Esta fachada, é aquela hoje voltada para o estacionamento interior e à ATECEL.
Foto1: Stúdio Siqueira (Anos 60). 

A Escola Politécnica da Campina Grande foi à primeira instituição de ensino superior de Campina Grande, através da criação do curso de Engenharia Civil. Ela foi à base da Universidade Federal de Campina Grande.

A fundação ocorreu em 06 de outubro de 1952, em reunião presidida pelo General Oliveira Leite, amparada pela Lei nº. 792 do governo José Américo de Almeida.

Através do Decreto Federal de número 33.286, do dia 14 de julho de 1953, foi autorizada o funcionamento da Escola pelo então Presidente da República, Getúlio Vargas.


Foto dos Anos 80. 
O estacionamento já estava devidamente calçado. Nota-se, também o Laboratório de Computação à direita.
Foto2: Arquivo da Associação dos Aposentados.

O primeiro vestibular para Engenharia Civil ocorreu em 1954 e o reconhecimento do curso em 1958, quando se formou a primeira turma da instituição.

A escola funcionou na antiga Escola Estadual de Ensino Médio, Dr. Elpídio de Almeida, sendo transferida em 1957, para o prédio do Colégio Sólon de Lucena, onde anos depois seria a reitoria da UEPB.

Seus professores, fundadores, foram:

Antônio da Silva Morais
Adelmar Xavier de Andrade
Austro de França Costa
Edvaldo de Souza do Ó
Guiseppe Gióia
José Dias Fernandes
José Marques de A. Júnior
Josemir Vasconcelos de Castro
Kleber Cruz Marques
Lynaldo Cavalcanti de Albuquerque
Max Hans Karl Liebig
Otávio Santiago
Pedro Bento Collier

Sendo seus primeiros alunos diplomados do curso:

José Cavalcanti de Figueiredo
João Celestino de Souza
João Ferreira da Silva
Luiz Timótio de Morais
Luiz Carlos de Oliveira
Luiz Adolpho Rey Fachinetti
Mário Cartoxo
Roberto Palomo
Sandoval de Sá 

Só em 1961 foi construída a sede definitiva, no bairro de Bodocongó, atual Universidade Federal de Campina Grande. Abaixo, uma foto histórica do período de construção:


O prédio seria concluído em definitivo no ano de 1964, o do centenário da cidade. Nos anos seguintes, a Escola seria incorporada primeiro pela UFPB em 1970 e finalmente, no ano de 2002, se tornaria a Universidade Federal de Campina Grande.

Agradecimentos:
Direto: Gisélia, através da Comunidade "Campina Grande", do Orkut; 
Indireto: Marcos Aurélio, Presidente da Associação dso Aposentados da UFCG - ASAP

3 comentários

  1. on 24 de abril de 2010 16:20

    cheguei aqui através do história esperancense e gostei muito. pbéns. Ró

     
  2. Tota Maia on 23 de fevereiro de 2017 08:56

    Sou arquiteto, filho de Heitor Maia Neto, arquiteto autor do projeto da Escola Politécnica de Campina Grande. Gostaria de saber se vocês me indicam o contato de alguém, ou se mesmo tem mais alguns documentos deste projeto para pesquisa que faço. Documentos como plantas, e mais fotografias.
    Se sim , me procurar pelo e-mail: totamaiaarq@gmail.com

     
  3. Tota Maia on 23 de fevereiro de 2017 08:57

    Sou arquiteto, filho de Heitor Maia Neto, arquiteto autor do projeto da Escola Politécnica de Campina Grande. Gostaria de saber se vocês me indicam o contato de alguém, ou se mesmo tem mais alguns documentos deste projeto para pesquisa que faço. Documentos como plantas, e mais fotografias.
    Se sim , me procurar pelo e-mail: totamaiaarq@gmail.com

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br