Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?



(por Jônatas Rodrigues)

A montagem em 3D trata-se da antiga Usina de beneficiamento ARAÚJO RIQUE & CIA, de grande memórias. Pertencia a família Rique, tendo seu Diretor-Chefe o importante empresário Sr. João Rique.

A usina beneficiava o algodão e fabricava óleo proveniente do caroço do "Ouro Branco". Foi introduzida em Campina Grande no ano de 1925, onde estendeu seu raio de ação por quase toda a Paraíba, possuía diversas filiais nos municípios do interior paraibano como Itaporanga, Catingueira, Patos, São Mamede, Taperoá e Uiraúna. 

A Araújo Rique & Cia, em 1937 adquiriu sua prensa hidráulica, equipamento de grande porte que era de fabricação alemã da marca Lindemann & Schnitzer, que tinha a capacidade média para prensar 25 fardos horários, com cerca de 35 toneladas de algodão diária. Seus armazéns tinham capacidade de armazenar cerca de 40.000 sacas frouxas de algodão, o que tornava uma das maiores e mais modernas do Nordeste. 

Nos anos cinquenta sofreu um grande incêndio em suas dependências. A antiga usina se localizava na Rua Miguel Couto, próxima ao Açude Velho, atualmente no local da antiga Araújo Rique & Cia, está localizada a revendedora de automóveis Cavesa.

O prédio da montagem foi construído em estilo Art D'ecó em meados da década de trinta. A arte gráfica foi desenvolvida no Google Sketch up 8, neste mês de junho de 2013. 

Nossos agradecimentos ao Colaborador Jônatas Rodrigues pela gentileza em nos enviar a arte acima.

2 comentários

  1. Jônatas Rodrigues Pereira on 29 de junho de 2013 09:36

    A ARAÚJO RIQUE & CIA FOI SEM SOMBRA DE DÚVIDA UMA DAS MAIS IMPORTANTES BENEFICIADORAS DE ALGODÃO DA PARAÍBA. FOI UMA DAS PRIMEIRAS A SE INSTALAR NA CIDADE E UMA DAS MAIS INFLUENTES NO RAMO. BONS TEMPOS EM QUE CAMPINA GRANDE ERA CONHECIDA COMO A "LIVERPOOL BRASILEIRA", DEVIDO A RIQUEZA DO "OURO BRANCO". AGRADECIMENTOS JÔNATAS RODRIGUES PEREIRA, COLABORADOR.

     
  2. Ronaldo Andrade Rique on 4 de setembro de 2016 12:18


    Sem dúvidas foi um grande marco na época, recordo-me bem, pois brinquei muito nas dependências da fábrica, acompanhando o trabalho do meu saudoso avô João Rique

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br