Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?


"Volto à minha Campina,
No templo e no Evangelho!
E ao entrar nesta cidade,
Afoguei minhas saudades,
Nas águas do Açude Velho."
(Ronaldo Cunha Lima, 1982)

Hoje, 18 de Março de 2012, comemora-se os 30 (trinta) anos do regresso do poeta Ronaldo Cunha Lima ao seio campinense, após a cassação do seu mandato conquistado nas eleições de 1968, quando o Governo Militar usurpara-lhe o direito de administrar Campina Grande.

De forma festiva, como sempre foi característico do seu grupo de entusiastas, Ronaldo Cunha Lima chegara em Campina Grande "nos braços do povo", sendo cortejado pelos políticos locais e conduzido em carreata passeando pelos principais bairros da cidade, onde ali se apresentava não só o retorno de um filho ilustre mas, o candidato das oposições à prefeito em sucessão ao então gestor Enivaldo Ribeiro.



Os recortes postados fazem parte da promoção jornalística empreendida pelo antigo Jornal Gazeta do Sertão, dessa vez comandado pelo visionário Edvaldo Sousa do Ó, "O Realizador" - mote usado quando fora candidato a prefeito em 1988.

Segundo os 'viventes' daquela época, foi preciso muita insistência, sobretudo do então vice-prefeito Raymundo Asfora , para convencer Ronaldo a voltar para Campina Grande para disputar mais um mandato eletivo, já que desenvolvia atividades advocatícias no Rio de Janeiro, onde tinha sua família estabelecida.

Esquerda para direita: Senador Ivandro C. Lima, Valdo Tomé, Raymundo Asfora, Evandro Barros e Antonio Mariz

Apesar de estar sendo lançada, nesta data, a chapa Ronaldo e Zé Luiz, no ato da convenção, meses mais tarde, o mesmo fora substituído pelo bancário Antonio Carvalho Souza, na candidatura à vice-prefeito.

Discurso Fervososo do Vereador José Luiz Jr.

O dia 18 de Março de 1982 marcou o início de uma carreira política vitoriosa para Ronaldo Cunha Lima, em seu retorno à Paraíba, onde sua eleição para prefeito foi o começo da hegemonia do seu grupo político, que durou 22 (vinte e dois) anos junto a Prefeitura Municipal, somente encerrando o ciclo em 2004 com a eleição do atual gestor Veneziano Vital do Rêgo.

Abaixo, recortes da matéria publicada nas páginas internas da Gazeta do Sertão: (CLIQUEM PARA AMPLIAR)

Gazeta do Sertão, 19-03-1982

Gazeta do Sertão, 19-03-1982

Gazeta do Sertão, 19-03-1982
Esta matéria se completa com a postagem "A ELEIÇÃO PARA PREFEITO DE CAMPINA GRANDE EM 1982" onde está narrado o contexto do processo que elegeu Ronaldo Cunha Lima prefeito de Campina Grande.

1 Comment

  1. Paulo Gomes on 7 de julho de 2012 18:52

    Nestas fotos acima vemos o saudoso radialista Evandro Barros. Temos alguma matéria sobre ele? O radio-teatro que ele produzia, alguém tem alguma gravação? Fica a sugestão para uma futura postagem.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br