Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?


Nesta foto, exibida no Portal A Palavra On Line, encontramos um momento crucial da nossa política recente! Em 1998, mais precisamente, 18 de Março, no salão de festas do Clube Campestre em Campina Grande, o flagra fotográfico remete ao exato momento em que o então senador Ronaldo Cunha Lima discursa para uma legião de asseclas do PMDB paraibano durante a comemoração de seu aniversário.

O dedo em "riste" cobrava do então governador José Maranhão uma postura mais enérgica na condução do governo do estado naquele momento.

Até hoje ninguém entendeu o que, de fato, o levou àquele constrangimento, selando definitivamente a bilateralidade da política paraibana, partindo das hostes peemedebistas.

Foi constrangedor, principalmente, para José Maranhão que, naquele momento, acabara de "presentear" Ronaldo Cunha Lima com a assinatura da ordem de serviços para conclusão do Hotel Turístico, hoje Garden Hotel, obra inconclusa no governo de Ronaldo,  que somente foi concretizada anos mais tarde após a parceria com a empresa privada do setor de aviação TAM, no governo Cássio C. Lima.

Com o fim da aliança, fora quebrada a chapa já formada para disputa da reeleição em 1998, onde Ivandro Cunha Lima já estava sacramentado como candidato a vice-governador.

4 comentários

  1. Anônimo on 7 de julho de 2012 11:28

    Só uma correção: a empresa aérea foi a BRA, não a TAM...

     
  2. Anônimo on 7 de julho de 2012 15:28

    Acho que foi um pouco de ciúme de Ronaldo, ele queria que Cassio fosse governador naquele ano e Maranhão com boa aprovação e com a criação da reeleição teve apoio do PMDB, acho que isso foi o inicio e outros problemas que aconteceu naquela época, vou repetir eu acho.

     
  3. Anônimo on 10 de julho de 2012 11:26

    Penso que Ronaldo queria ser o candidato! Ele era governador entre 90 e 94 depois saiu pro senado... e quem ganhou em 94 foi mariz... mas, no que dependesse de ronaldo, ele seria candidato a reeleiçao em 94 se já existisse reeleição... em 98 como foi o primeiro ano de reeleições, entao, ronaldo bem queria voltar ao palacio da redenção... mas, maranhao nao queria sair de lá (até hoje ele nao quer sair de lá hahahaha) e dai o racha!! cássio nessa época era prefeito de CG, e não tinha pretenções de ser governador em 98!!! o ano dele era 2002 mesmo! imagina se ronaldo tivesse sido candidato a governador em 98 tbm?! teria sido pai e filho no governo da PB um depois do outro!!

    Gutenbergue (gu_spanic@hotmail.com)

     
  4. Anônimo on 11 de julho de 2012 19:03

    A lei não permite que Ronaldo governador 98 depois entrasse Cássio governador, por isso que Ronaldo que era Senador até 2002 queria Cassio governador 98.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br