Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

Carregando...

O Cinema Babilônia foi inaugurado em Campina Grande no ano de 1939, atendendo a necessidade de casas chamadas "cine-theatros" onde outrora só haviam os cine Fox (fechado em 1933) e o Apollo, que sucumbira ante o cine-theatro Capitólio.


Palco da exibição de grandes películas durante toda sua história, o cine Babilônia foi reformado nos anos 70, sob a responsabilidade do arquiteto Geraldino Duda (o mesmo que projetara o Teatro Severino Cabral) e manteve-se do final da década de 80 até seu fechamento, no ano 2000, praticamente, como único cinema de Campina Grande haja visto que o cine Capitólio mantinha o título de "cine pornô" da cidade.


Local de entretenimento da população campinense por mais de sessenta anos, o cine Babilônia foi vendido e atualmente sua estrutura física foi transformada em um shopping center, mantido apenas seu nome como legado de uma saudade.

VÍDEO HISTÓRICO:

Graças ao colaborador Eduardo Almeida, conseguimos uma reportagem datada de 2000 feita pela TV Paraíba, mostrando o último dia do cinema. Emocionante e ao mesmo tempo triste, uma recordação de um passado, que infelizmente não volta mais.


23 comentários

  1. silviamaia on 7 de dezembro de 2009 00:02

    Pelo que ando vendo neste blog, a poluição visual e até mesmo a degradação da má intervenção arquitetônica tomou conta das edificações históricas da cidade. Lamentável saber que a história da cidade que poderia ser contada através dos prédios, casas, etc. fica somente da lembrança dos que viveram a época ou na má qualidade das antigas fotografias.

     
  2. Lorena Cavalcanti on 30 de dezembro de 2009 01:16

    Oi, td bom? Parabéns pelo seu blog, adorei, quando estudava na faculdade precisava fazer pesquisas sobre Campina Grande,mas muitas vezes não encontrava fontes históricas, eu tenho umas fotos de Campina Grande antigamente, não sei se você já tem, http://fotologue.jp/lorenaac2#/6766882/6767424 , bjos

     
  3. Walisson Alves on 30 de dezembro de 2009 13:22

    EI EI EI. É SÉRIO!
    Meu avô era dono do conhecido Bar Bandeirantes (Cícero Alves). Eu já procurei em vários lugares fotos e tal E ENCONTREI. uma foto do Bar Bandeirantes com Meu avô, o compositor Jair Rodrigues e outros amigos numa roda de bar... vou pegar essa foto com minha avó, e espero entrar em contato com vocês.
    Ah, peço que procurem informarem-se sobre o Bar Bandeirantes - que era ponto de parada de quem passava pela cidade.

     
  4. Lorena Cavalcanti on 30 de dezembro de 2009 15:52

    Oie
    Arquitetura e Cidade: Campina Grande 1907-1935

    http://www.vitruvius.com.br/arquitextos/arq000/esp413.asp , muito intessante não sei se você já leu.

    abraços

     
  5. Geilson Roberto on 23 de abril de 2010 23:44

    Ah! quantas Saudades dos tempos de tranquilidades em que podiamos ir as matines dos cines Capitolio e Babilônia.

     
  6. Tiago Germano on 24 de setembro de 2010 21:35

    Tomei a liberdade de reproduzir uma foto no meu blog, onde publiquei uma crônica sobre o dia do fechamento do Babilônia. Segue o link: http://www.giropb.com.br/blog/?p=principal&id=22

     
  7. Anônimo on 21 de junho de 2011 10:06

    A reforma( última realizada ali) conduzida por Geraldino Dunda foi em 1972.

     
  8. Anônimo on 4 de agosto de 2011 22:16

    BABILÔNIA!!!! Deixo saudades nos corações de quem tantas vezes assitiu os grandes filmes que passava em sua tela branca com cortinas azuis.... que saudade
    Como eu gostaria de levar a minha esposa(eterna namorada) mas uma vez
    pra assistir mas uma seção, como seria maravilhoso...

     
  9. rômulo azevêdo on 16 de janeiro de 2012 15:44

    A reportagem sobre a última sessão do Babilônia foi feita por mim, quando estava na Tv Paraíba.
    A reforma do cinema não foi em 1972 e sim em 1970.
    O primeiro filme exibido depois da reforma, foi "Teorema" de Pasolini.

     
  10. nayara on 15 de setembro de 2012 00:47

    alguém pode me informar o nome do dono do babilonia??é muito importante pra mim.por favor!!

     
  11. BlogRHCG on 17 de setembro de 2012 08:20

    O proprietário do Cine Babilônia, como tb do Capitólio, era o Sr. Lívio Wanderley. Sua residência ainda existe, não sei se parentes seus ainda a detém, e fica por trás do Capitólio, vizinho ao estacionamento de frente à Rota do Mar.

     
  12. Anônimo on 1 de outubro de 2012 18:28

    Por muitas vezes eu fui ao babilônia,podiamos chegar no meio de uma sessão e assistir a outro do ponto que haviamos chegado.
    Em 1994 eu fui o unico espectador de um fime,era "Eu sei o que vocÊs fizeram no verão passado",tudo contribuiu para isso.
    Era um sabado de Copa do Mundo,maior São João,e um jogo da selação a tarde(Brasil e Holanda,pra mim o joga daquela copa,o cardiaco que sobreviveu aquele jogo,aguentaria qualquer outro jogo em diante),cheguei uns 5 minutos depois de iniciada a sessão,esperei que aparecesse outras pessoas,mas não,pra não atrapalhar os funcionarios(que deviam estar querendo ir ao Parque do Povo),assim que terminou o filme eu sai.

     
  13. Anônimo on 9 de outubro de 2012 18:12

    Assisti ao filme exibido no ultimo sabado de existencia do Babilonia,foi "Ecos do Além",interessante que no filme mostrava a sala de um cinema que era parecida com a do Babilônia.

     
  14. Anônimo on 1 de julho de 2013 10:27

    A primeira foto acho que é anos 60, o filme em cartaz SODOMA E GOMORRA era dessa década.

     
  15. Anônimo on 1 de julho de 2013 22:04

    Achei emocionante rever o interior do Cinema Babilônia. Dos muitos filmes que lá assisti, o que me marcou mais foi "Terremoto", com o equipamento Sensurround, nos anos 70, e o ciclo Hitchcock, nos anos 80.

     
  16. walmir chaves on 2 de julho de 2013 03:55

    Quantas ilusões, quantas aventuras, quantos dramas com final feliz na tela do Babilonia!!! Quantas amizades, quantos amores na plateia durante a infancia, adolescencia e juventude de muitas pessoas que, como eu, adorávamos o cinema e íamos quase todos os dias aos cinemas da nossa cidade, nos anos 40/50/60...

     
  17. maniaco_da_camera on 2 de julho de 2013 20:32

    DO INTERIOR DO GIGANTE BABILÔNIA SURGE O MANIACO_DA_CAMERA LÁ MEU TIO ME LEVOU PELA 1º VEZ PARA ASSISTIR AO FILME RAMBO III DALI P CÁ FORAM TANTOS BLOCKUSTERS TANTOS OUTROS FILMES DO TIPO: OS TRAPALHÕES EM QUE SE LEVAVA ALGUM KILO DE ALIMENTO P ASSSITIR A SESSÃO ALI NÃO ERA UM ATO DE SOLIDARIEDADE ERA UMA VERADEIRA FESTA FILAS KILOMETRICAS CAMINHÃO DO EXERCITO PARA LEVAR OS ALIMENTOS ARRECARDADOS O TRANSITO FECHAVA QUEM LENBRA DESSES MOMENTOS DE FILMES NACIONAIS?
    COMO O AMIGO FALOU LA EM CIMA TBM PEGUEI ESSES HORARIOS DE SESSÕES EM QUE SE TERMINAVA O FILME E AO PISCAR DOS OLHOS JA COMEÇAVA TD DE NOVO. BATMAM O RETORNO DE TIM BURTON, O EXTERMINADOR DO FUTURO 2 DE VOLTA PARA O FUTURO 3 ERSQUECERAM DE MIM 2 OS CAÇA FANTASMAS 2 ESSES SUCESSOS DA TV QUEM NUNCA QUIS VELOS PELA TELONA GIGANTE DO BABILONIA HJ HEM? GRAÇAS QUE EU PUDE USUFRUIR PELO MENOS UMA PEQUENA PARCELA DA HISTORIA DO BABILONIA EM RELAÇÃO A SÉTIMA ARTE JA MOSSO MORRER FELIZ

     
  18. Mônica Torres on 7 de julho de 2013 12:43

    saudade que não vai passar nunca..

     
  19. Anônimo on 8 de julho de 2013 14:42

    A primeira fotografia é do ano de 1965(época do lançamento aqui na cidade do filme "Sodoma e Gomorra").
    A foto tem detalhes interessantes como os dois "policiais mirins"(sim,naquele tempo existia essa san dice)que aparecem ao lado do porteiro.
    A fotografia em cores é do ano de 1976(ano do lançamento aqui na cidade do filme "Um dia de cão" com Al Pacino.O cartaz do filme é o primeiro da esquerda na parte superior do prédio).Também podemos ver na entrada do cinema, um cartaz do "Festival de Tom e Jerry" que era exibido nas matinais do domingo.
    De quebra temos alguns colegiais com suas fardas caracteristicas(farda do "Santa Bernadete"?)na porta do cinema.
    Não sou Sherloque mas creio que a foto foi tirada entre 14:30 e 15h.
    Explico: os cinemas de Campina(Capitólio e Babilônia)só tinham tres sessões por dia.
    A primeira era as 15:30 e as outras duas as 19 e 21h.
    Aos domingos tinha uma matinal as 10h.
    O "São José" e o "Avenida" tinha uma sessão por dia(durante a semana)as 19:45 e aos domingos tinha uma matinê as 15:30 e na "soirê"(era assim que chamavam as sessões noturnas)duas sessões as 19 e 21h.

     
  20. vando silva on 8 de julho de 2013 21:30

    Sr Luiz Teixeira era o gerente

     
  21. Anônimo on 9 de julho de 2013 13:52

    Luis começou como auxiliar de projeção, depois foi confeiteiro(vendendo balas e chocolates nos intervalos das sessões)em seguida foi porteiro e gerente do Avenida, até se tornar gerente do Babilônia.Era uma figura que amava o cinema.
    Em tempo: na foto em cores podemos ver a figura de "seu" Rocha veterano porteiro(só trabalhava de terno)do saudoso Babilônia.

     
  22. Anônimo on 12 de julho de 2013 18:20

    Só um detalhe, o filme "Sodoma e Gomorra" está anunciado para "breve". O filme em cartaz no dia em que a foto foi tirada era "As nove vidas de um valente" (conforme indica o cartaz na frente do cinema).

     
  23. Anônimo on 12 de julho de 2013 21:38

    No cartaz de "Sodoma e Gomorra" está escrito: "a partir de ...(eu presumo que seja quinta-feira porque o filme foi exibido na época de quinta a domingo).O filme "As nove vidas de um Valente" é a continuação de "Audacia de um Valente" um bang-bang produzido pelos estudios Disney com Tom Tryon no papel do mocinho meio aloprado."Audacia..." foi exibido no Babilônia em 1964(concorreu com "O satânico Dr.No" que estava sendo exibido no Capitólio na mesma época).
    Portanto, a foto é, sem dúvida alguma, de 1965.

     


 
BlogBlogs.Com.Br