Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?


Jônatas Rodrigues nos envia mais uma montagem de um prédio histórico de Campina Grande. Nesta ocasião, da antiga "Companhia Parahybana de Beneficiamento e Prensagem de Algodão", que pertencia à firma "Wharton Pedrosa & Cia". 

Esta usina foi a primeira a ser instalada em Campina Grande, sendo também uma das primeiras instaladas no Estado da Paraíba. Em Campina Grande a velha usina de beneficiamento foi instalada em 1 de agosto de 1919, pelo Engenheiro Dr. José Heronides de Hollanda Costa. Localizada na atual rua Miguel Couto, a velha Companhia Parahybana de Beneficiamento e Prensagem de Algodão, foi um grande marco para o desenvolvimento econômico da "Rainha da Borborema", proporcionando a vinda de outras companhias de beneficiamento do "Ouro Branco" em nossas terras. 

A montagem refere-se aos primeiros anos de instalação da usina em Campina Grande. Retratei a usina por volta de 1925, quando já tinha o fornecimento da energia elétrica (atestada nos postes de iluminação de madeira na montagem), em Campina Grande, inaugurada em 29 de setembro de 1920, para o funcionamento de suas máquinas mais potentes na época. A usina era subdividida, em escritório, área de beneficiamento, oficinas para reparo e armazéns para o estoque dos fardos de algodão.

Nos anos trinta parte da companhia foi comprada pela firma "Demosthenes Barbosa & Cia" (parte oeste do prédio), remodelando totalmente a arquitetura desta (hoje o prédio da DECORAMA). 

A parte leste do prédio foi também ampliado, construindo um andar superior, mas sem descaracterizar o térreo. 

Anos mais tarde todo o prédio foi comprado por outra multinacional de renome à "Anderson Clayton S/A", que por fim "fechou suas portas" por volta de 1965, deixando uma lacuna na sociedade campinense.   

2 comentários

  1. Jônatas Rodrigues Pereira on 12 de novembro de 2013 10:06

    Obrigado mais uma vez pessoal, pela publicação. Felizmente grande parte do prédio que pertenceu a esta companhia está de pé como testemunho de um tempo áureo da Rainha da Borborema.

     
  2. Karl Arruda on 12 de novembro de 2013 10:26

    Parabéns pelo ótimo trabalho Jônatas.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br