Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

Carregando...
Por: Maria do Socorro Silva *


Atualmente estou envolvida num projeto de pesquisa para o mestrado em História da UFCG. Estamos desenvolvendo  estudos sobre A HISTÓRIA DA LOUCURA EM CAMPINA GRANDE-PB desde 2007, há grandes dificuldades no acervo da pesquisa, por não haver material disponível, principalmente nas décadas de 60, 70, 80, quando ocorre o grande movimento pelo Brasil tentando implantar nos Hospitais Psiquiátricos, melhores condições de assistência ao portador de Doença Mental. A então Reforma Psiquiátrica Nacional estabelecia todo um amparato de melhores condições do cuidado de si do paciente considerado "anormal". Sendo assim, essa intervenção médica ocorreu de forma violenta e envolveu até mesmo o espaço urbano em si. Com a Criação da Sociedade Médica de Higiene Mental (SPHM), que teve a sua fundação em 20 de outubro de 1961, na cidade de João Pessoa-PB, estabelecia no seu 1º artigo uma de suas principais finalidades: Realizar estudos, observações e pesquisas sobre as causas determinantes das doenças mentais, inclusive prevenção, higiene mental, triagem, tratamento, internamento, assistência e readaptação social ( FILHO 1998, p.122).

Sendo assim, foi possível a construção do primeiro grande Hospital Psiquiátrico Privado em Campina Grande_PB, constituindo-se no pioneirismo do psiquiatra paraibano Dr. João Ribeiro.

O começo das construções principais inicia-se em 29 de novembro de 1961, mas a data de sua inauguração oficial ocorreu em 07 de setembro de 1963. A importância histórica do famoso Hospital Dr. João Ribeiro, não é somente pelo fato de seu pioneirismo entre os frenocômicos particulares, mas sim, registrar as memórias, identidades e práticas acerca dos depoimentos de médicos, enfermeiras e assistentes socias.  

* Historiadora, pesquisadora e professora de escola pública. 

0 comentários



 
BlogBlogs.Com.Br