Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?


por Thomas Bruno Oliveira

Nesta terça-feira (03 de setembro) houve a primeira reunião organizada pela Prefeitura Municipal de Campina Grande visando às comemorações dos 150 anos da cidade, ano festivo que terá início no próximo dia 12 de outubro, um dia depois de completados 149 anos de emancipação política. O encontro foi realizado no auditório da Associação Comercial de Campina Grande – ACCG com o objetivo de formar uma Comissão Geral para as atividades.

Com pouco mais de um ano para a execução, as atividades iniciam com certo atraso. Até o momento, o assunto só fazia parte de rodas de conversa de alguns intelectuais da cidade, que sempre em conversas demonstravam preocupação em relação à necessidade de iniciativa do poder público a respeito dessa marcante comemoração.

Para a festa do Centenário da cidade, ocorrida em 1964, “havia começado a ser programada em 1961 [três anos antes], quando foi criada a Comissão do Centenário (COMCENT), responsável pela organização dos vários eventos e obras que deveriam marcar para sempre a data magna da cidade” (SOUZA, 2004) e por ausência de aporte financeiro, os trabalhos só se efetivaram no segundo semestre do ano seguinte, até então, tudo estava no campo do planejamento. Paralelamente, um programa de rádio ia ao ar aos domingos, o ‘Cidade Centenária’, coordenado por Noaldo Dantas onde surgiram uma série de ideias para a cidade: “Foram tantas as sugestões e solicitações que somente com as mudanças propostas daria para fazer uma cidade inteiramente nova” (SOUZA, 2004). O ano do centenário foi marcado por inúmeras atividades, até um torneio futebolístico ocorreu reunindo os principais times do nordeste, tendo o Náutico-PE como campeão e o Treze como o melhor paraibano participante, ficando em 4º lugar. “Apesar das inúmeras diferenças sociais que marcavam os campinenses, a cidade (quase) pertenceu a todos” (SOUZA, 2004).

Quarenta e nove anos após, foi dado o pontapé inicial para as comemorações do sesquicentenário da cidade. Estiveram presentes na Associação Comercial intelectuais e outros agentes como Chico Pereira, Maria Ida Steinmuller, José Morais Lucas, Edson Vasconcelos, Labas, Eneida Agra Maracajá, o Prefeito à época do Centenário João Jerônimo da Costa (hoje com noventa anos, de presença e de memórias), José Edmilson Rodrigues, Alexandre Moura, Marlene Alves, Aluísio Guimarães, Roberto Loureiro, Leidson Farias, Márcio Canielo, José Marques Filho, o vereador Lula Cabral, Roberto Coura, Yara Macêdo, Liélia Oliveira, Tovar Correia, e muitos outros.

Ideias foram ventiladas, no entanto, objetivou-se apenas criar uma Comissão que pudesse se reunir e elencar as demandas necessárias para as comemorações. O grupo é formado por sete pessoas, são elas: Yara Macêdo, Nora Almeida, Eduardo Amorim, Celeide Farias, José Lucas, Rogério Freire e o Prefeito Municipal Romero Rodrigues, que encabeçará a comissão. Haverá, ainda esta semana, uma reunião com o Prefeito Romero e em seguida será dado início aos trabalhos a partir da criação de subcomissões. Essa reunião só foi possível graças ao empenho de pessoas abnegadas ligadas a cidade, que vêm desempenhando um grande trabalho por Campina Grande. O primeiro passo foi dado e há muito trabalho a fazer. 

Para saber mais sobre as comemorações do Centenário, leia o artigo ‘A Festa do Centenário de Campina Grande ou a criação de uma identidade coletiva’ do Prof. Dr. Antônio Clarindo B. de SOUZA, folheando-o logo abaixo:

3 comentários

  1. Paulo Gomes on 9 de setembro de 2013 18:14

    Infelizmente sou forçado a discordar do título da postagem (Com certo atraso, Campina.....). Acredito que é com muito atraso. Um aniversário de 150 anos é um fato para ser comemorado em grande estilo, e no meu humilde e totalmente desprezível ponto de vista, com todo respeito, não acredito que esta comissão, por mais boa vontade e motivação que tenha, conseguirá brindar esta data com a grandeza que merece e significa. Com o maior respeito, a todos que a compõem, repito. Mas para não contrariar a máxima que diz que o brasileiro deixa tudo para a última hora.... Desejo muita sorte e felicidades a esta equipe pelo trabalho hercúleo que tem pela frente.

     
  2. Anônimo on 11 de setembro de 2013 16:39

    Falou e disse Paulo!
    Assino embaixo.

     
  3. Joabe Aguiar on 20 de setembro de 2013 20:08

    Uma correção: João Jerônimo foi o prefeito que idealizou as festividades do centenário, mas, foi Williams de Souza Arruda, por meio de um mandato de segurança, quem foi o "Prefeito Centenário".

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br