Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

Aluisio Afonso Campos, campinense,  foi um ex-deputado federal. Nasceu em 08 de Dezembro de 1914. Era filho de Affonso Rodrigues de Sousa Campos (Fórum Affonso Campos), um dos maiores juristas da Paraíba e Porfiria Montenegro Campos (D. Iaiá) .

Nasceu na Fazenda Ligeiro em Campina Grande. Era Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais (Faculdade de Direito, Recife); Curso da Escola Superior de Guerra, 1959; Estagiário em Crédito Rural (Universidade Lafaiete, EUA) além de Pecuarista. Como político, marcou a sua presença na História do Brasil como Deputado Constituinte e um dos autores do preâmbulo da Constituição Federal de 1988.

Aluísio Campos faleceu no ano de 2002 sem deixar herdeiros, sendo seu patrimônio deixado em testamento para a Fundação Furne. O Complexo Aluízio Campos, sua casa sede da Fazenda Ligeiro, foi transformada em memorial, mantidos o mobiliário original, livros e referências pessoais, de forma a proporcionar estudos e trabalhos de preservação das memórias de sua família.

Abaixo, em quatro partes, o documentário realizado pela NEP Comunicações, intitulado "O Homem do Ligeiro", produzido em parceria com a Fundação FURNE e a produtora Cinema do Agreste, que conta com depoimentos de amigos sobre a trajetória desse ilustre político campinense.






Ficha Técnica do Documentário

Pesquisa/Texto/Narração
RÔMULO AZEVÊDO

Produção executiva
ÍRIS MEDEIROS

Imagens
VINÍCIUS LIMA

Assistente
EXPEDITO JÚNIOR

Edição de Imagens
RODRIGO NUNES

Direção
RÔMULO AZEVÊDO

Produção
MEMORIAL ALUÍZIO CAMPOS
NEP & CINEMA DO AGRESTE
FURNE - Fundação Universitária ao Ensino, Pesquisa e Extensão.

NEP COMUNICAÇÕES
Contato: (0**83) 8893-6770
nepcomunicacoes@hotmail.com

8 comentários

  1. The Who on 5 de fevereiro de 2010 23:55

    Parabéns aos realizadores do documentário pela excelente qualidade do trabalho e por preservar a história desse importante cidadão que foi Aluízio Campos.

     
  2. Vanessa Silva on 26 de setembro de 2013 11:20

    Parabéns pelo documentário, eu ainda quando criança tive a oportunidade de conhecer dr. Aluisio um homem muito educado, e inteligente, e ali na fazenda eu já ficava encantada com seu escritório cheios de livros, onde entrava escondida e ali admirava sem entender o tamanho da riqueza cultural que ali já havia. Hj só tenho a saudosa lembraça desse homem tão bom e de sua querida dona Inalda... Aí que saudades!!!!

     
  3. Ludy on 30 de setembro de 2013 16:32

    Estive ausente por falta de tempo. Ao retornar me deparo com um documentário histórico de uma figura extremamente importante para esta cidade, ou melhor para o nosso país. Aluízio Afonso Campos! Parabéns ao blogger, por nos proporcionar esta oportunidade de reviver um pouco da rica história deste homem.

    Emmanuel, transmita aos demais membros desta equipe, nossos parabéns, por este maravilhoso trabalho!

     
  4. 2000inove... on 4 de outubro de 2013 09:14

    Bom até onde eu sei ele deixou um herdeiro!!! corre na justiça a muitos anos um processo entre a Furne e esse herdeiro.

     
  5. Anônimo on 11 de julho de 2016 10:56

    Como deixou um herdeiro se "tecnicamente" ele não podia ter filhos?

     
  6. Stenio Montenegro on 6 de outubro de 2016 20:35

    De partes mentirosa que afirmam que afirmam que a Fazenda do Ligeiro era pertencente a família Campos,salve a retórica que a Fazenda era de propriedade da família Montenegro,logo pertencente a família da parte materna e não paterna como assistente em um desses vídeos pobres de informações .

     
  7. Anônimo on 14 de abril de 2017 19:38

    No tocante ao legado deixado por Aluízio Campos há um equívoco no resumo dos vídeos, pois a FURNE ficou com 40% do quinhão do espólio de Aluízio.

     
  8. Anônimo on 20 de julho de 2017 04:39

    Embora ele não tivesse filhos, ele deixou um herdeiro, o filho de uma empregada da fazenda, o menino foi criando desde pequeno na fazenda e o chamava de vôvo Aluízio, e foi este que herdou certas porcentagens. Sabendo que a teciproca era bem verdadeira já que o mesmo não pode ter filhos com sua digníssima esposa. Fazendo do menino seu herdeiro!! Quanto às informações do vídeo a fazenda pertencia a família materna de Dr Aluízio, a fazendo pertencia a família Montenegro e não a família Campos. Logo ele Dr Aluísio campos ficou sendo o único herdeiro das terras.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br