Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

Quem conhece a rivalidade entre Treze e Campinense, jamais pensaria em ver os dois unidos. Todavia, em 11 de outubro de 1978 tal fato ocorreu. Acreditem, Treze e Campinense se uniram para um jogo amistoso, festivo, contra a então sensação da época, o Guarani de Campinas, que havia conquistado o Campeonato Brasileiro daquele ano ao derrotar o Palmeiras por 1 a 0, gol de Careca, o célebre atacante da Seleção Brasileira nas Copas de 1986 e 1990.

Uma das formações do Guarani no ano de 1978

O jogo realizado no ainda novo Estádio Ernani Sátyro (O Amigão), foi numa quarta-feira, feriado de aniversário de nossa cidade. A partida começou às 5 horas da tarde e o placar foi de 2 a 1 para a equipe paulista. O público foi de aproximadamente 30 mil pessoas, como uma renda de cerca de Cr$ 950.000,00. O árbitro da peleja foi o paraibano Eduardo Guerra, assistido pelos bandeirinhas José Frazão e Jarbas Ferreira Gomes, ambos paraibanos.

A estrela do time do Guarani, o jovem Careca, não disputou o amistoso. A equipe do Bugre jogou com Neneca (João Roberto), Alexandre, Silveira, Edson (Gilberto) e Miranda (Tadeu); Gomes, Renato e Claudinho (Gersinho); Paulo Borges (China), Capitão e Osnir (Luís Carlos). Técnico: Carlos Alberto Silva. Quem marcou os gols do Guarani foram Capitão (12 min. do 1º tempo) e Renato (15 min. do 1º tempo)

O Combinado Treze e Campinense jogou com Jorge Luís, Gilmar (Morais), Marcos, Israel e Heliomar; Wilson, Mozart e Raimundinho (Fernando); Jorge Demolidor (Lula), Adelino e Edvaldo Araújo. Técnicos: Albino Nogueira e José Ibiapino Filho. O gol paraibano foi marcado por Edvaldo Araújo (43 min. do 2º tempo). No primeiro tempo, o combinado jogou com a camisa do Campinense e na segunda etapa, com a camisa do Treze. Abaixo, em foto enviada pelo professor Mário Vinicius Carneiro, um registro do começo do jogo, com jogadores de Campinense e Treze com a camisa rubro-negra.


De pé, da esquerda para a direita: Jorge Luís, Israel, Marcos, Gilmar, Wilson e Heliomar; Agachados, no mesmo sentido: Jorge Demolidor, Mozart, Adelino, Raimundinho e Edvaldo Araújo.

Vale salientar, que o Guarani de Campinas foi contratado pela Prefeitura Municipal de Campina Grande e toda a renda desse jogo, destinou-se as obras de caridade.

Fontes Utilizadas:

Acervo Pessoal
Acervo de Professor Mario Vinicius Carneiro

2 comentários

  1. Anônimo on 25 de janeiro de 2010 11:44

    Como curiosidade, acrescento que o combinado, no primeiro tempo, jogou com as camisas do CC. Já na segunda etapa, atuou com as camisas do Treze. O

     
  2. mario vinicius on 26 de janeiro de 2010 14:21

    De pé, da esquerda para a direita: Jorge Luís, Israel, Marcos, Gilmar, Wilson e Heliomar; Agachados, no mesmo sentido: Jorge Demolidor, Mozart, Adelino, Raimundinho e Edvaldo Araújo.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br