Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?



Ensejando os posts sobre personalidades que compuseram a História da nossa urbe, destacamos a figura de Luís Francico de Sales Pessoa, o Monsenhor Sales.

Nascido no Engenho Cipó, no Município de Areia, em 02 de Novembro de 1847, ordenou-se padre na Diocese de Olinda, no ano de 1877.

No estado de Pernambuco foi coadjuntor em Goiana e em São Caetano e vigário em Santo Antonio. Na Paraíba foi vigário em Pilões.

Aportou em Campina Grande no ano de 1885 e aqui permaneceu até o ano do seu falecimento, em 18 de Agosto de 1927. Foi o responsável pela construção do Santuário de Nossa Senhora da Guia, hoje Igreja Da Guia na Praça do Trabalho no bairro do São José, em 21 de Novembro de 1917.

O casarão em que morou enquanto dirigiu a Catedral de Nossa Senhora da Conceição ficava localizado na esquina da Av. Floriano Peixoto com a Maciel Pinheiro, onde hoje encontra-se edificada a Associação Comercial. Motivo de polêmica, fora destruído na antagônica reforma urbanística do Centro da cidade na administração Vergniaud Wanderley por não se enquadrar nos padrões arquitetônicos pretendidos para a região central.

Fontes Consultadas:
AMORIM, Léa. Imagens Multifacetadas de Campina Grande;
Memorial Urbano de Campina Grande

4 comentários

  1. Anônimo on 5 de janeiro de 2010 17:36

    Adriano é um verdadeiro garimpeiro; tem encontrado muitas pérolas da história campinense. Não sei de onde vem tanta inspiração e tanto conteúdo, que enaltecem a nossa "Rainha da Borborema". Parabéns pelo belíssimo trabalho que vem sendo realizado neste blog.
    Um forte abraço e saudações bloguistas!

    Rau Ferreira
    Blog: História Esperancense
    http://historiaesperancense.blogspot.com

     
  2. Aurea on 18 de setembro de 2010 19:04

    Monsenhor Sales é o meu bisavô . Que lindo! Adorei esta foto dele mais velho, tenho uma foto dele mais novinho. O bisavô dele foi o sesmeiro José de Abreu Tranca.

     
  3. Emerson Silva on 14 de novembro de 2013 16:33

    Aurea, não entendi?
    Ele é seu bisavô? Ele teve filhos?
    Se é o que você está falando ele não seguiu o celibato?

     
  4. aurinha on 13 de dezembro de 2015 22:23

    Emerson, ele adotou dois filhos ,um deles é meu avô já falecido Severino Japu de Sales

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br