Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

GREMIO DO SÃO JOSÉ
Na foto: Em pé Danda, Nego Roberto, Netinho, Pedro Pascoal, não se i e Banana. Agachados: Guel, Não sei, Zé Soares, Sabará e ???
 
 
OBSERVAÇÃO:

As fotos deste tópico foram obtidas através do site http://www.futeboldepeladacg.com.

14 comentários

  1. mário vinícius on 5 de abril de 2011 11:44

    Uma única palavra define este texto: sensacional !

    Gostei bastante das fotografias que retratam o campo de futebol que existiu dentro do Açude Novo, o "Bacião".

     
  2. mario vinícius on 5 de abril de 2011 11:52

    Agradeço a Jóbedis a citação do nosso modesto trabalho em seu texto. Quando escrevi o "Livro do Treze", nossa intenção foi, também, passar para todos um pouco do início da história do futebol em Campina Grande.

     
  3. Luis Rodrigues Neto on 5 de abril de 2011 16:53

    Sou cada vez mais apaixonado pela histórias contadas neste site de coisas acontecidas em Campina Grande e pelas coisas que fizeram parte da minha infância, adolescência e de parte da vida adulta. E continuam fazendo, porque este resgate do futebol de pelada diz tudo. Continuo acompanhando o que acontece, graças à internet, essa benção do mundo moderno, que permite a leitura rotineira dos jornais, blogs e sites.
    E foi lendo o “RHCG” que tomei um susto, mas também me deparei com aguns resgates historicos de coisas de nossa querida cidade que faz parte da história de Campina Grande Parabens ao jobedis por tao belo resgatar desse vasto e rico patrimônio de mais de um século que foi o futebol de pelada de nossa cidde. Desde que me entendo por gente, garoto de calças curtas, acompanhando as muitas e às vezes grande “batalhas” nos campos, apesar de apenas um torcedor.

     
  4. jonasdesa19521 on 5 de abril de 2011 20:47

    Amigo Jobão, "PARABÉNS"
    Segundo os poetas, saudade significa medo de ser esquecido, mas através de tudo isto que você escreveu...
    Como esquecer.
    Saudade é um sentimento nobre que só prova que valeu a pena.
    Fazer parte parte desta geração é uma felicidade imensa.
    Eu estou feliz........e muito.
    Jonas didi

     
  5. Antonio Augusto Macedo on 6 de abril de 2011 06:03

    Quando eu morava e estudava em Campina Grande (terra abencoada)tinha grande admiração e paixão pelo futebol amador, chamado de pelada, por congregar ao longo dos anos equipes de diferentes bairros da cidade. Desde 63 quando cheguei para residir em Campina, passei a freqüentar campos do amadorismo. O primeiro foi o Estádio do Santos da Estacao por ficar perto da casa que eu morava, depois conheci a equipe do Everton do Sao Jose e me tornei seu torcedor.
    Aos domingos estava eu assistindo os jogos do Everton, tempo que nao voltara jamais, Uma pena

     
  6. Napoleão Brito on 6 de abril de 2011 11:40

    Saudades, também do Nacional de Zezé, Fernando Delgado, Benivaldo, Guedes etc.

     
  7. Napoleão Brito on 6 de abril de 2011 11:47

    Jóbedis,
    Parabens pelo texto, além da correção gramatical registra história do futebol amador de Campina Grande.

     
  8. hONORIO pEDROSA on 6 de abril de 2011 16:36

    GRANDE AMIGO JOBÃO.
    MAIS UMA VEZ A PARCERIA CONTINUA NOS MOSTRANDO QUE EM "TIME DE PELADA" QUE GANHA NÃO SE MEXE.
    OU SEJA HÁ MUITO TEMPO QUE ESSE SENSACIONAL BLOG DO CGRETALHOS(MEMÓRIA VIRTUAL DE CAMPINA) E OS QUE O DIRIGEM, EM PARCERIA COM VOCE, PARA NOS TRAZER ESSAS RELIQUIAS DE NOSSO ESPORTE E DE OUTRAS HISTÓRIAS DE NOSSA CIDADE, ANTERIORMENTE TRAZIDAS A PÚBLICO POR VOCES.
    NÓS QUE SOMOS LEITORES E VISITANTES ASSÍDUOS DESTE BLOG, DEPOIS DE MAIS UMA VIAGEM ATRAVÉS DOS TEMPOS QUE VOCE, JOBÃO JUNTO COM O CGRETALHOS, NOS PROPORCIONOU, SÓ TENHO A DIZER PARAFRASEANDO PAPAI DIRIA SE FOSSE VIVO:
    " F O R M I D Á V E L ".

    ABAÇOS DO AMIGO NORINHO PEDROSA.

    PS. E A CABELEREIRA DE JONAS DIDI, O PELADEIRO MAIS CANCHUDO DA CIDADE. SÓ PERDIA QUANDO PAULO CÉSAR CAJÚ VINHA JOGAR AQUÍ PELO BOTAFOGO/FLUMINIENSE.
    E O QUE DIZER DE MARCELÃO AGUIAR DA ATECEL.? BELEZA DE FOTOS.

     
  9. Antonio Santos (Shell) on 7 de abril de 2011 09:35

    JOBEDIS Meus parabéns pela divulgação deste trabalho tão importante para a história da cidade e para todos campinenses.Meu nome é Antonio Santos Silva ( conhecido pelo apelido de Shell), trabalhei na Fabrica de Tecido do Cotonificio campinense, joguei bola no time da fabrica nos anos 70 tinha jogadores como Gaguinho o goleiro e pois foi jogar no time do Everton e tinha muitos jogadores bom na epoca. Abraços e sucesso e sempre. grande Abraço.

     
  10. Paulo Xavier de Sousa on 7 de abril de 2011 11:21

    Parabens ao portal e ao Jobedis, pelo belo resgate do futebol de pelada de nossa cidade. Realmente campina tinha grandes times e grandes jogadores.

     
  11. marcos on 7 de abril de 2011 17:24

    A história do futebol amador de Campina Grande, está, de forma primorosa, sendo registrada pela incansável e esmerada pesquisa realizada pelo professor e amigo Jóbedis.
    Graças ao seu empenho, temos a oportunidade de rever acontecimentos significativos de épocas passadas.
    Esportista, participei em determinado período, das peladas que me trazem prazerosas recordações.
    Parabéns, mesmo, Jóbedis, por seu inestimável e valioso trabalho.
    Mantenho alguns registros que ponho a sua disposição para publicação neste importante acervo.
    Marcos Soares/Rio.

     
  12. João Mário on 8 de abril de 2011 11:57

    João Mário disse...
    Parabéns Jóbedis !
    Muito bom o seu relato sobre o nosso futebol de pelada!
    Como já falamos vamos pensar no livro e no sonho que sempre tive que é a criação do Museu do Esporte Amador de CG Dei a ideía para ser criado um museu do Esporte de CG no Ex Estadio Plinio Lemos no que foi aceita mas "esqueceram" do esporte amador..uma pena!
    Mas com certeza vamos ter o apoio de todos os ex e atuais peladeiros da nossa cidade.E quanto ao livro vamos tentar o apoio do prof. Mario Vinicius, tenho certeza que não se furtará a nos ajudar coma sua experiencia e muitas dicas !
    Felizmente você criou o Museu Virtual.!!
    Valeu Jõbão !

    8 de abril de 2011 18:57

     
  13. José Vanderlei de Araujo on 10 de abril de 2011 09:44

    Caro Jobedis e o portal RHCG. Parabenizo a matéria sobre o futebol de pelada da cidade, mais que merecida , varias gerações de jogadores se dedicaram ao futebol de pelada de Campina Grande do passado.
    BELA HOMENAGEM parabéns. Tive o privilégio de conhecer quase todos os citados times e muitos destes jogadores , inclusíve o grande Jogador Jobedis o popular Jobão
    Eu ainda éra menino quando assistia muitos jogos, mas não me esqueço da maravilhosas partidas no campo do Botafogo da Liberdade e do Gremio no antigo
    Açude Novo e de grandes jogadores que ficaram em minha memória e jamais vou esquece-los, Fernando Canguru, Jobedis, Som, Jorio, Amigo da Onça, Sabara, Nego Roberto, Humberto de Campos, Ze Preto, Tonho Zeda, Danda e muitos outros ..Depois de alguns anos já com 19 anos trabalhei na Caranguejo ia toda a tarde para alguns campo matar saudades cheguei a jogar nas categorias de base do galo com o treinador Fei mas foi uma rápida passagem depois fui morar no rio e abandonei o futebol. sempre fui um jogador regular sem muita expressão. Mais valeu a pena só fico triste em ver que muitos deste times foram extintos e muitos destes são falecidos,
    Abracos
    José Vanderlei de Araujo

     
  14. Fernando Medeiros on 21 de abril de 2011 22:20

    Parabens Jobedis continuas dando espetáculo nos resgates de nossa cidade, apesar de meus 67 anos de vida bem vivido ainda bato minha bolinha. Devido sua maestria de resgatar as nossas raizes com uma técnica refinada. Vi vc jogando eras um jogador tipo Leão, uma liderança dentro de campo e ótimo pulmão chegava junto para arepiar os jogadorea e alegrava os torcedores sue gostavam de jogadores raçudos é vc era um deles.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br