Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

O "Cine Avenida" que outrora se situou no centro da cidade, foi um dos tradicionais cinemas de nossa urbe. Foi fundado em 1945 e funcionava na Avenida Getúlio Vargas:

Fonte: Diário da Borborema

O prédio onde se localizou o cinema foi adquirido no fim dos anos oitenta pela Igreja Universal do Reino de Deus, que utilizou as instalações do antigo “Avenida” para os encontros com os fiéis de sua comunidade. Jhonny Silva, colaborador do RHCG, nos enviou as 2 fotos abaixo, mostrando o local já como igreja. Os arquivos visuais são do acervo de Marcelo Boa Pessoa e que podem ser vistos a seguir:



Em sua melhor fase, o Cine Avenida chegou a ter uma média anual de 410 sessões com 103.220 espectadores. (Fonte: http://cinemafalda.blogspot.com.br/2010/10/campina-grande-pb.html)

4 comentários

  1. Mário Vinícius on 27 de março de 2012 08:13

    Saudades do Cine Avenida... Aqui, recordo de ter assistido ao "O Destino do Poseidon"...

     
  2. rômulo azevêdo on 29 de maio de 2012 23:05

    O Avenida foi o cinema da minha infãncia.Eu gostava de morar na Prata porque achava um luxo o bairro ter um cinema(era perto lá de casa porque eu morava na Nilo Peçanha).
    Ia quase todo dia ao cinema, que tinha um ingresso barato e exibia (com um certo atraso)os mesmos filmes do Babilônia.
    O ingresso era barato mas em compensação a projeção era muito ruim(som &imagem)e as acomodações não eram confortáveis(cadeiras de madeira).
    O cinema tinha uma sessão diária as 19:45, e três sessões aos domingos: a primeira as 15:30 e as duas outras as 19 e 21 horas.
    Ví muitos filmes no velho Avenida, a matinê do domingo era obrigatória.
    Quem não podia pagar o ingresso,fazia uma arriscada caminhada pelo muro de trás do cinema(passando por dentro de um esgoto)indo sair dentro do banheiro do Avenida.
    Apesar de ser uma sala pequena, o cinema tinha balcão(na cidade,somente o Capitólio e o Avenida tinham balcão).
    Uma curiosidade: em 1964, quando exibia uma festival de chanchadas, o teto do cinema desabou depois de uma forte chuva que caiu na cidade.
    Por sorte o desabamento foi de madrugada,quando não tinha mais ninguém no interior.
    Ironicamente o filme em cartaz era a comédia "Sai de baixo" com a dupla Carequinha e Fred.

     
  3. Anônimo on 4 de dezembro de 2013 22:46

    EU VI MUITOS FILMES NESTE CINEMA FIQUEI TRISTE POR VE-LO COMO IGREJA

     
  4. walmir chaves on 8 de dezembro de 2013 13:30

    A primeira vez que eu entrei num cinema foi no Cine Avenida. Não me lembro o ano, era muito pequeno e fui com o meu pai. Foi uma grande surpresa para mim e me apaixonei desse invento. Queria saber como se fazia e até sonhava com os filmes que assitia. Minha paixão durou muitos anos e até aprendi e participei de todo o processo de criação de um filme...

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br