Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?


Esta publicidade,  estampada na Revista Veja, em uma das edições lançadas no mês de Março de 1971, apresenta uma propaganda do extinto Banco Industrial de Campina Grande S.A., de propriedade da família Rique, no auge das suas atividades financeiras. Sendo possível conferir os estados onde a instituição detinha agências: Alagoas, Bahia, Ceará, Guanabara (Rio de Janeiro), Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo, Sergipe e Paraná.

Banco Industrial de Campina Grande S.A.; instituição genuinamente campinense, futuramente será destaque em um post exclusivo sobre sua História.

4 comentários

  1. mario3at on 28 de fevereiro de 2010 10:08

    O Banco Industrial de Campina Grande tinha como diretor de relações públicas ninguém menos que Pelé ! Isto é citado em "Pelé, o supercampeão", de Orlando Duarte!

     
  2. gisele on 30 de junho de 2011 12:36

    bom!sou carioca e nas andanças po ai encontrei uma tampa de cofre toda em bronze com uma ferradura no centro e uma frase que diz banco industrial de campina grande me interessei pela peça e comprei agora preciso vender a quem possa interessar

     
  3. Blog RHCG on 30 de junho de 2011 13:48

    Sugestão: Posta uma foto da peça, com sugestão de preço. Garanto q haverá interessados!

     
  4. Anônimo on 19 de julho de 2011 22:53

    É bom lembra que o banco patrocinava o cinejornal da Atlântida, e para nós de campina grande era um orgulho estar em um cinema do Rio de Janeiro-por exemplo- e ver o nome da cidade na tela grande.
    Depois que deixou o banco Newton Rique(ex-prefeito e um dos donos do industrial)exerceu outras atividades.
    Entre estas a de produtor de cinema, foi co-produtor do sucesso "Dona Flor e seus dois maridos" produzido pelo cearense Luis Carlos Barreto.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br