Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

Faleceu na madrugada de hoje no Hospital Antônio Targino, em Campina Grande, vitimado por um infarto fulminante, o escritor, dramaturgo, jornalista e ex-professor do curso de Comunicação Social da UEPB e da Unidade Acadêmica de Arte e Mídia, do Centro de Humanidades da UFCG, Hermano José Bezerra de Lima, que tinha pouco mais de 60 anos de idade.

Hermano José era filho do saudoso radialista José Bezerra e foi, durante muitos anos, colunista dos jornais Jornal da Paraíba e Diário da Borborema. Foi um dos que se empenharam para o tombamento da área central da cidade, do conjunto Art Decó dos prédios centrais.

Sempre esteve ligado ao teatro. Foi autor e diretor de várias peças, com destaque para O Glorioso Retorno de Lili Chaves. Segundo matéria do Jornal da Paraíba, recentemente estava com projetos de voltar aos palcos para dirigir um texto de Bráulio Tavares.

O velório ocorre na Central de Velórios da Digna, na avenida Juscelino Kubitschek, próximo ao Colégio Raul Córdula. O sepultamento acontecerá às 9:00hs de amanhã (25/11), no Cemitério do Monte Santo.

7 comentários

  1. cleudo on 24 de novembro de 2014 21:07

    grande Hermano!...Que Deus console a sua familia.

     
  2. Anônimo on 24 de novembro de 2014 21:10

    Inteligente,criativo e uma pessoa do bem.Vai fazer falta.
    No documentário "O patrimônio cultural de Campina Grande"(postado neste blog)tem um depoimento dele sobre o teatro em campina.

     
  3. walmir chaves on 25 de novembro de 2014 17:28

    Conheci a Hermano quando ele tinha 14 anos e acho que tinha, atualmente, 72 anos de idade...

     
  4. cleudo on 25 de novembro de 2014 21:02

    walmir,sabe me dizer se o Hermano morava quando adolescente,numa rua perto da rodoviaria?...só pra tirar uma duvida,pois minha mãe conhecia a familia que tinha um familiar por nome de Hermano,que em 1964,morou um tempo em nossa casa no Recife.Lembro-me que ele era muito inteligente,estudioso e alegre.Não sei se trata-se da mesma pessoa,eu era criança e as lembranças são vagas,por isso te faço tal pergunta...

     
  5. walmir chaves on 26 de novembro de 2014 07:12

    Quando lhe conheci ele morava no São José, depois morou 1 ou 2anos sosinho no Recife. Depois voltou a morar com a familha bastante perto da Rodoviaria e em 2004 lhe visitei no Bairro do Cruzeiro. Acho que é a mesma pessoa...

     
  6. cleudo on 27 de novembro de 2014 08:49

    Obrigado walmir pela informação,realmente trata-se do Hermano que morou em nossa casa no Recife,em 1964.Era muito amigo de nossa familia,tinha um carisma peculiar,era como fosse um parente mais proximo.

     
  7. Edmilson Rodrigues do Ó on 30 de novembro de 2014 12:08

    Hermano José; que surpresa! Embora saibamos que todos viemos para voltar mas, mesmo assim, este tipo de notícia sempre nos surpreende. Eu e o Hermano fomos companheiros de trabalho na área administrativa da Wallig Nordeste aqui em Campina Grande durante o período de 1967 a 1972. Era uma pessoa culta, inteligente e de muita profundidade humanística. Segue em paz amigo Hermano na tua nova caminhada cósmica...!

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br