Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

O clube não conquistaria o Hepta em 1966, porém, voltaria a ser campeão da Paraíba em 1967.

Campanha de 1967:

Campinense 4 2 Santos
Campinense 2 1 Esporte de Patos
Campinense 1 1 Guarabira
Campinense 1 2 Nacional de Patos
Campinense 1 2 União
Campinense 0 2 Botafogo
Campinense 2 1 Treze
Campinense 1 2 Esporte de Patos
Campinense 4 1 Guarabira
Campinense 4 3 União
Campinense 6 1 Santos
Campinense 2 3 Treze
Campinense 2 0 Nacional de Patos
Campinense 0 0 Treze
Campinense 3 1 Botafogo
Campinense 1 0 Treze
Campinense 2 0 União
Campinense 3 1 Treze
Campinense 0 1 Botafogo
Campinense 3 0 União

Só voltaria a ser campeão estadual em 1971 e nesse ano também, disputaria o Campeonato Brasileiro da Série B.

Campanha de 1971

Campinense 5 0 União
Campinense 2 0 Esporte de Patos
Campinense 3 4 Santos
Campinense 1 0 Botafogo
Campinense 2 0 Auto Esporte
Campinense 4 1 Guarabira
Campinense 1 0 Treze
Campinense 3 2 Auto Esporte
Campinense 0 0 Botafogo
Campinense 5 0 Esporte de Patos
Campinense 1 0 Treze
Campinense 1 0 União
Campinense 2 1 Esporte de Patos
Campinense 2 1 Auto Esporte
Campinense 2 0 Botafogo
Campinense 2 0 União
Campinense 1 0 Treze
Campinense 2 0 Botafogo
Campinense 1 2 Botafogo
Campinense 2 1 Botafogo


Artilheiros:
Edgar 15 e Toinho 8

Em 1972, além de bicampeão paraibano, seria vice-campeão brasileiro da Série B de 1972.

Campanha de 1972:

Campinense 2 1 Auto Esporte
Campinense 3 1 Guarabira
Campinense 1 1 Nacional
Campinense 8 0 União
Campinense 1 1 Esporte de Patos
Campinense 0 1 Treze
Campinense 1 0 Botafogo
Campinense 0 2 Botafogo
Campinense 2 1 Santos
Campinense 1 1 Treze
Campinense 0 0 Guarabira
Campinense 2 0 Nacional
Campinense 1 1 Treze
Campinense 2 1 Botafogo
Campinense 4 0 Santos
Campinense 1 2 Guarabira
Campinense 1 1 Treze
Campinense 1 1 Botafogo
Campinense 1 0 Treze
Campinense 1 2 Botafogo
Campinense 3 0 Guarabira
Campinense 2 1 Treze
Campinense 4 0 Nacional
Campinense 2 0 Botafogo
Campinense 6 0 Santos
Campinense 0 0 Botafogo
Campinense 2 1 Treze
Campinense 2 1 Botafogo
Campinense 1 1 Treze

Artilheiros:
Edgar 15, Valnir 13, Dinga e Pedrinho 7


Conquistaria o tri e o tetra em 1973 e 1974. 

Campanha de 1973:

Campinense 5 0 Auto Esporte
Campinense 2 0 Nacional
Campinense 6 0 Santos
Campinense 3 0 Santa Cruz
Campinense 2 0 Guarabira
Campinense 1 0 Treze
Campinense 0 0 Nacional
Campinense 3 1 Santos
Campinense 0 0 Esporte de Patos
Campinense 1 3 Auto Esporte
Campinense 3 0 Guarabira
Campinense 6 0 Santa Cruz
Campinense 0 0 Treze
Campinense 0 0 Treze
Campinense 1 0 Treze
Campinense 2 1 Treze


Artilheiros:
Pedrinho 11, Erasmo 7 e Clóvis 6

 
Campanha de 1974:

Campinense 3 1 Esporte de Patos
Campinense 2 2 Santa Cruz
Campinense 7 0 Guarabira
Campinense 1 0 Botafogo
Campinense 1 0 Nacional
Campinense 2 1 Auto Esporte
Campinense 2 0 Santos
Campinense 0 0 Treze
Campinense 2 0 Botafogo
Campinense 2 0 Esporte de Patos
Campinense 1 0 Santos
Campinense 1 0 Auto Esporte
Campinense 3 1 Nacional
Campinense 0 0 Botafogo
Campinense 1 0 Botafogo
Campinense 1 1 Treze
Campinense 0 0 Botafogo
Campinense 2 0 Auto Esporte
Campinense 2 0 Nacional
Campinense 4 0 Santos
Campinense 1 0 Botafogo
Campinense 3 0 Treze
Campinense 1 0 Auto Esporte
Campinense 1 1 Nacional
Campinense 2 0 Santos
Campinense 0 1 Treze
Campinense 0 2 Botafogo
Campinense 2 0 Treze 

Artilheiros:
Erasmo 12, Pedrinho11 e Edgar 9

 
Muitos consideram o Campinense campeão paraibano de 1975. De fato a equipe ganhou este direito na Justiça Comum, mas a FPF, juntamente com a CBF, nunca reconheceram esse fato, mencionando em suas estatísticas Botafogo e Treze campeões daquele ano. Por enquanto, este blog manterá o que diz as entidades reguladoras do futebol paraibano e brasileiro.


O Campinense de 1975

Entretanto, se não veio o penta, o Campinense em 1975 teve dois grandes orgulhos. O primeiro foi à honra de inaugurar o Estádio Amigão, em jogo contra o Botafogo do Rio de Janeiro. A segunda proeza foi a de ter sido o primeiro clube paraibano a disputar um Campeonato Brasileiro da Primeira Divisão.

  Flâmula da Inauguração do Amigão
(Acervo de Professor Mario Vinicius Carneiro)

Em virtude de brigas em seus bastidores, o Campinense só voltaria a ser campeão estadual em 1979, num campeonato que só teria o seu final no ano seguinte. Mas foi a campanha no campeonato brasileiro o que chamou mais atenção, quando o clube foi o 24º colocado na competição, num universo de quase 90 clubes.

Após o bicampeonato estadual conseguido em 1980, o Campinense entraria numa fase negra em sua curta história. Com vários erros de seus dirigentes e principalmente a crise financeira, a equipe viu seu maior rival dominar por alguns anos o cenário do futebol paraibano.


FIM DA PARTE 2


3 comentários

  1. Luís Loureiro on 19 de novembro de 2010 21:38

    Sobre o Campeonato de 1975, não foi na justiça comum que o Campinense ganhou o título. Foi em julgamento no STJD, Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Sugiro entrevista com o supervisor da época, José Santos que participou do julgamento no Rio. Ou o áudio desse mesmo julgamento em poder de Joselito Lucena.
    A FPF não homologou a decisão alegando que houve um incêndio em seus arquivos. Porém, se alguém do Clube se interessar em ir ao Rio de Janeiro, com certeza trará uma certidão dessa decisão tomada em máxima e última instância.

     
  2. Anônimo on 15 de abril de 2012 14:01

    A FPF um dia vai reconhecer esse titulo

     
  3. Vinicius jose Queiroga Duarte on 11 de abril de 2015 12:22

    Mais um gol dos editores do blog ao publicar esta retrospectiva histórica do Campinense Clube que tanto orgulha o futebol da Paraíba pelos feitos realizados. Viva a experiente raposa que já nos proporcionou muitas alegrias. Raposaaaaaaa.......

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br