Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

Vista Panorâmica da BESA em 1972
Constituída em 14 de Dezembro de 1966, tendo contribuído com a impulsão da economia fabril do Município de Campina Grande até o ano de 1985, quando fora vendida e incorporada ao Grupo SPALP – São Paulo Alpargatas, a BESA – Borracha Esponjosa S.A. Indústria e Comércio fabricava as tradicionais sandálias estilo japonesas da marca “Dupé”, as placas de borracha microporosas “Dupelite”, além de saltos e solados de borracha compactos e vulcanizados.

A indústria obteve, junto à SUDENE, tanto o investimento para as atividades iniciais em 1967, como também obteve, em 1971, os recursos necessários ao processo de alavancagem financeira que permitiu a diversidade e a ampliação da sua linha produtiva.

Para tanto, a indústria publicava o seu Balanço Contábil referente ao Exercício 1971, do qual elencava a posição ‘presente’ da sua saúde financeira, ao passo que prognosticava as Receitas a serem auferidas com o pleno êxito dos investimentos provindos da SUDENE, acreditando no sucesso das vendas futuras dos produtos considerados de uso generalizado e popular.

Certos de que a empresa atingira todos os objetivos planejados para o Exercício ora findo, a diretoria composta dos senhores Clóvis Augusto Gomes (Presidente), José Otto Muniz Falcão (Vice-Presidente), Carlos Muniz Falcão (Superintendente) e José Eduardo Cabral de Melo (Diretor-Gerente) apresentava o Balanço Geral para análise do Conselho Fiscal, composto dos senhores Abílio Aleixo da Silva, Ademário Tavares de Almeida e Antonio Duarte Sobrinho, os quais emitiram parecer favorável à aprovação dos relatórios assinados pelo Contador Francisco das Chagas Azevedo, em 18 de Fevereiro de 1972, encaminhando-os aos acionistas para Assembleia Geral Ordinária.


Clique nas imagens abaixo para ampliar!



















Agradecimento especial, pela cessão do encarte postado, ao ex-vereador José Alves de Sousa (J. Alves), tendo o mesmo feito parte do quadro de funcionários da referida indústria no final da Década de 70.

5 comentários

  1. Rau Ferreira on 7 de fevereiro de 2011 08:01

    Parabenizo pela bela reportagem sobre a Besa, esta empresa que tanto nos orgulhou nas décadas 60/70. É um verdadeiro resgate histórico feito pela equipe do RHCG e o que mais nos impressiona são as imagens.

    Além de constar a história desta indústria, foram postadas cartões digitais que agora ficarão preservados para outras gerações de campinenses.

     
  2. Anônimo on 23 de novembro de 2015 09:59

    Eu lembro do slogan das sandálias Dupé, criado pelo genial Nilo Tavares: "sandálias Dupé, só não calça quem não tem pé".
    Era um tempo em que Campina era verdadeiramente Grande.

     
  3. Marcelo Reul on 23 de novembro de 2015 20:55

    Falar da fabrica DUPÉ, não poderíamos esquecer daquela imponente propaganda em neon, que por muito tempo ficou afixada na cobertura do edifício Lucas, e que era visto de muito longe, quando da chegada a Campina Grande pela BR 230, ou até mesmo da pedra de Santo Antônio em Fagundes. Como sempre, Campina Grande mostrou sua pujança como a "Capital do Trabalho". Tempos bons que não voltam jamais!

     
  4. Anônimo on 16 de janeiro de 2016 18:15

    Quero ver Postar os Jingles das Sandálias Dupé na vos de Elino Julião ZÉ LIMA Niterói RJ.

     
  5. Anônimo on 16 de janeiro de 2016 18:17

    Quero ver postar os Jingles das Sandálias Dupé na voz de Elino Julião

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br