Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?


Em 1935, o artista plástico Miguel Guilherme, natural da cidade de Sumé, no Cariri paraibano fora convidado a elaborar a pintura do teto da Catedral de Nossa Senhora da Conceição.

Os afrescos permaneceram como manifestação de cultura sacra em nossa Matriz até o ano de 1963.

A História conta que um incêndio destruiu parte da obra. Mas, os mais antigos afirmam que o bispo, à época, cometera o crime de autorizar a cobertura com tinta de todas as gravuras em toda extensão da nave da igreja.

Miguel Guilherme nasceu em 1902 e faleceu em 1995, na cidade natal de Sumé-PB.

2 comentários

  1. Ludy on 9 de dezembro de 2011 09:40

    Realmente o teto da Catedral era admirável! Na minha tenra idade lembro que quando que ficava olhando o teto parecia um céu cheio de anjos, não recordo das demais figuras, mas recordo muitíssimo bem desta que tem N.Sª com os anjos, ela ficou gravada na minha mente. Não sabia quem era o autor e nem me importava em saber era muito pequena. O que o bispo fez foi um sacrilégio. PARABÉNS ao grande artista um MESTRE! Merecia ser homenageado pelo seu trabalho tão importante tão quanto: Portinari, Di Cavalcanti, Pedro Américo, Michelangelo, Sandro Botticelli etc.

     
  2. Ludy on 9 de dezembro de 2011 09:51

    Miguel Guilherme um SENHOR artista da pintura Sacra. Nossas homenagens póstumas!

    Parabéns aos responsáveis por este blog e colaboradores.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br