Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

CAMPINA GRANDE ANTIGA-JORNAL CORREIO DE CAMPINA-12 DE JUNHO DE 1927

Pesquisa de Jônatas Rodrigues Pereira

Sim pessoal, existiram bondes à gasolina em Campina Grande. De acordo com minhas pesquisas matinais no acervo do Museu Histórico de Campina Grande-PB, isto aconteceu no ano de 1927, de acordo com o extinto jornal campinense "Correio de Campina", que tinha o diretor o Sr. Ernani Lauritzen. 

De acordo com minhas pesquisas, a circulação de bondes em Campina Grande teve vida efêmera, durando apenas um ano entre 1926/27, inaugurado em 15 de novembro de 1926, existiam duas linhas que circulava na urbe, a das Areias (atual Rua João Pessoa) e a do Açude Velho, que terminava em frente a estação ferroviária. 

A princípio a empresa funcionou regularmente, contendo seis bondes de passageiros e quatorze reboques para a condução de mercadorias. Não obstante o privilégio no serviço de transporte, que que resultaram em algumas greves e sabotagens dos donos de caminhões prejudicados com o contrato. Meses depois de instalados em Campina Grande, por deficiência técnica, os bondes passaram a descarrilhar na ladeira da Estação (atuais ruas Irineu Joffily e Miguel Couto). O comércio reagiu contra o monopólio dos reboques e o povo, como medida de segurança pessoal, abandonou os bondes. Infelizmente nenhum estudo aprofundado de instalação e segurança dos elegantes bondes movidos à gasolina foi posto em prática, isso de certa forma acelerou sua desativação repentina na cidade, já que não conseguiu suprir a demanda e concorrência com outros setores automotivos.



2 comentários

  1. Walmir Chaves on 9 de fevereiro de 2016 12:33

    Dato curioso! Minha mãe que nos contava muitas histórias sobre o passado de Campina nunca nos falou disso e nessa época ela já tinha 18 anos...

     
  2. Jônatas Rodrigues Pereira on 10 de fevereiro de 2016 18:19

    Seria fantástico encontrar uma fotografia de algum bonde desta época movidos a gasolina de 1926 ou 1927, que infelizmente por ignorância de muitos comerciantes este prático transporte teve vida efêmera na 'Rainha da Borborema".

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br