Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

Voltamos a falar do assunto "Rock Campinense" no blog RHCG. A parte 1 de nosso especial fez bastante sucesso e recebemos mais arquivos dos colaboradores Valfredo Farias e de Maerson Meira, que publicaremos a seguir.

Valfredo nos enviou o seguinte texto: "No dia 17 de julho de 2014 foi publicado o post "Lembranças do Rock Campinense". Na ocasião fiz um comentário tentando identificar alguns amigos constantes nas fotos e lamentando a não menção de dois grupos que fizeram parte de todo aquele movimento que tomou conta de Campina, como acontecia nos grandes centros brasileiros, naquela época. Os grupos eram o Delito e o Das Bandas da Parahyba, este último com videoclipe gravado e participação no Abril Pro Rock. O amigo Maerson Meira, baterista dessas duas bandas, viu os meus comentários no RHCG e agora vem com farta munição (fotos e mensagens abaixo) para que o post seja atualizado com a sua citação. Certos de sua atenção, agradecemos, na certeza do Retalhos Históricos de Campina Grande continuar sendo essa bússola que nos situa nas entranhas do passado de nossa cidade".

Corrigindo a não menção do RHCG as duas bandas, relembramos primeiramente a "Dasbandas da Paraíba", em histórico enviado por Maerson Meira:

Dasbandas da Paraíba

Dasbandas da Paraíba
Banda formada em 1995 tinha como integrantes os músicos: Ricardo Moura (voz), Kennedy Costa (baixo e voz), Maerson Meira (bateria), Pablo Ramirez (percussão), Lucas Sales (voz e violão) Clovis Neto (guitarra), Cassiano de Sá (guitarra).

Aproveitando a efervescência do movimento “Mangue Beat” o Dasbandas realçou sua musicalidade misturando Rock’n roll com pitadas de Baião, Forró e Coco sempre com letras fincadas na cultura regional. Em sua primeira gravação, contou com a participação de Biliu de Campina na parceria de voz com Kennedy Costa, que interpretaram a música Coco do Cão do Saudoso Manezinho Silva e D. Martins, que infelizmente terminou houve outra gravação para melhorias técnicas, que não foi possível novamente à participação de Biliu, entrando no CD apenas com Kennedy no vocal.

A "DASBANDAS" gravando seu clip

No único CD gravado, composições como “Carcará” de João do Valle e José Candido e “Pescaria em Boqueirão” de João Gonçalves e Messias Holanda, fizeram grande sucesso com as interpretações energéticas da Banda.

Participaram de vários festivais e concursos de músicas e composições com excelentes resultados: Abril Pro Rock em Recife, Saindo como melhor banda revelação do evento; Festival universitário de Pernambuco na cidade de São José do Egito por três edições, ganhando prêmios em todas; Skol Rock no Centro de Convenções do Recife abrindo o show dos Titãs entre outros. Teve um clip gravado da música “A feira” no mercado central, e premiado num festival de cinema em São Luis-MA.

DASBANDAS NO BATATA COUNTRY 1997 COM CAPILÉ

O Dasbandas da Parahyba, percorreu vários estados fazendo shows com grande repercussão, em dado momento, tocando em Recife na antiga Soparia do Pina, se fazia presente na plateia o cantor e líder dos Paralamas do Sucesso: Herbert Viana, quando chamado ao palco cantou com o Dasbandas o estourado nacionalmente sucesso de Chico Science e Nação Zumbi “Manguetown” levando o publico a loucura na capital pernambucana, também com a participação de alguns músicos do Nação Zumbi. Nesta ocasião convidados por Herbert, o Dasbandas rumou para o Rio de Janeiro para uma sequência de shows começando pelo evento “CD EXPOR” no Rio Centro. Foram vários eventos tocando com bandas do cenário carioca como “Forro sacana” Raimundos, Totonho e os Cabras entre outras, sendo inclusive convidado para um show de reinauguração do Circo Voador com a participação de Planet Hemp, fato que não ocorreu devido problemas particulares da banda.

MAERSON E HERBERT VIANA

MAERSON E HERBERT VIANA

PABLO RAMIRES, MAERSON E HERBERT

RICARDO MAERSON E HERBERT

RICARDO, PABLO, MAERSON E HERBERT
VIAGEM RIO DE JANEIRO 1997

Dasbandas teve seu estado de “stand by” decretado no final de 1997 para repensar a então formação, fato que culminou com um longo período de inatividade e posteriormente a extinção do grupo, deixando uma lacuna na música Paraibana daquele estilo.

***

Já a Banda "DELITO" é um pouco mais antiga, datada do ano de 1987, porém ainda se encontra em atividade. O histórico também nos foi enviado por Maerson:


Banda formada em 1987 por estudantes, com intuito de dar vazão ao que acontecia na cena musical na década de 80: Uma explosão do Rock nacional vindo de todo o país, e Campina Grande não poderia ficar de fora.

Banda Delito

Com um Rock energético de letras contundentes, os então garotos do DELITO: Ricardo Moura, Maerson Meira, Kennedy Costa e Giuliano Santos, além das próprias músicas, reproduziam outras bandas como: Paralamas do Sucesso, Titãs, Legião Urbana, Capital inicial, Camisa de Vênus, Plebe Rude entre outras.

Banda Delito

A banda ficou por oito anos com a mesma formação, até que o guitarrista Giuliano Santos precisou se afastar, dando lugar ao experiente Fábio Rolim, onde deram sequencia aos shows.

Foram vários eventos importantes como: Campina Grande Rock, onde abriram o show de João Penca e seus Miquinhos Amestrados (atração nacional do evento); Inauguração da Panorâmica FM, abrindo para Capital Inicial; Várias participações no Festival de Inverno de Campina Grande e cidades vizinhas, além de tocarem em todos os lugares onde se fervia a cena musical Paraibana.

DELITO NO CAMPINA GRANDE ROCK

Hoje com 27 anos na estrada e uma formação sólida e experiente, conta quase com a mesma formação original, com exceção de Kennedy Costa, mas, com Sandro Mangueira o atual baixista, e da mesma época, cumpre com excelência todo peso dos baixos, por beber na mesma fonte dos demais integrantes.



Formação atual:
Ricardo Moura: Voz e vocais;
Maerson Meira: Bateria;
Fábio Rolim: Guitarra e vocais;
Sandro Mangueira: Baixo, vocais e voz;
Giuliano Santos: Guitarra.

***

Correção feita e o RHCG agradece a Valfredo Farias e Maerson Meira pelo rico material disponibilizado e aproveitamos para nos colocar a disposição para quem queira enviar mais material sobre o rock campinense.

11 comentários

  1. Alisson Gomes Callado on 18 de fevereiro de 2015 20:17

    Ta faltando a C.U.S.P.E nessa retrospectiva, a primeira banda punk de Campina Grande.

     
  2. MAERSON MEIRA on 19 de fevereiro de 2015 12:05

    Parabéns RHCG, por estes resgates históricos de nossa maravilhosa cidade.

     
  3. Valfrêdo Farias on 19 de fevereiro de 2015 14:15

    Meus amigos, sem retoques. Muito obrigado.

     
  4. Anônimo on 20 de fevereiro de 2015 15:29

    Que bacana!!!

     
  5. Defala Attem on 21 de fevereiro de 2015 08:30

    Muito bom. Parabéns a todos.

     
  6. Anônimo on 21 de fevereiro de 2015 10:50

    Cade a Albatroz?

     
  7. Marcelo Fabio on 21 de fevereiro de 2015 16:04

    Parabéns !
    pela resistência em manter o rock vivo nesta cidade !

     
  8. Gustavo Medeiros on 21 de fevereiro de 2015 16:04

    Uma das minhas lembranças do show do Delito em 91 foi o tremendo solo de bateria que o magrinho sem camisa fez naquela noite. Na platéia tava todo mundo perguntando quem era o danado!!

     
  9. Retalhos Históricos de Campina Grande on 21 de fevereiro de 2015 16:05

    Sobre o Albatroz é falado na primeira parte do especial

     
  10. MAERSON MEIRA on 23 de fevereiro de 2015 08:19

    Obrigado pela parte que me "toca" Gustavo Medeiros.

     
  11. Valfrêdo Farias on 23 de fevereiro de 2015 19:48

    É Gustavo... Esse magrinho toca muito. O velho "Osso".

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br